Comportamento,

Síndrome do Pensamento Acelerado: certamente você tem e não sabe!

08 abril Marcia Cruz 0 Comments



Você sente dificuldade para se concentrar? Cansaço excessivo? Tem dificuldade para pegar no sono? Irritabilidade fácil? Ansiedade? Tem pequenos lapsos de memória de forma frequente? Tem intolerância ao ser contrariado? Sente-se inquieto? Não consegue descansar o suficiente e acorda cansado? Tem mudança de humor repentina? Sente, com frequência, dores de cabeça, nos músculos, queda de cabelo, azia ou gastrite? Acha que as 24 horas do dia não são suficientes para fazer tudo o que deseja, e precisa? Então pare e leia este post, pois você pode ser mais uma vítima da SPA – Síndrome do Pensamento Acelerado.

SPA – SÍNDROME DO PENSAMENTO ACELERADO

Por ser um conceito relativamente novo, a SPA — descoberta pelo psiquiatra brasileiro, Augusto Cury — muitas vezes é confundida com o transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH), em virtude dos sintomas apresentados serem similares, resultando em um diagnóstico equivocado. Mas, ao contrário da Hiperatividade, que possui causas genéticas e ambientais, a SPA está relacionada à dificuldade no gerenciamento dos pensamentos.

Vivemos em um mundo globalizado e conectados praticamente o tempo inteiro. Não desgrudamos do nosso celular, nem das redes sociais. O tempo todo recebemos informações, do mundo físico (off-line), e do mundo online. Fora isto, temos inúmeras tarefas a fazer no dia a dia; responsabilidades a cumprir, contas para pagar, informações para estudar e aprender, metas a cumprir... E sempre, é claro, dá uma espiada no smartphone. Nas piadas e nos memes do momento, nas notícias importantes no Brasil e no mundo, ou mesmo uma espiadinha básica nas redes sociais de quem temos interesse.

Isto tudo faz parte do dia a dia do homem moderno, principalmente dos que moram em capitais e grandes centros urbanos, e não nos damos conta do quanto todo este fluxo excessivo de informação afeta a nossa mente, a qualidade da nossa memória e, o que é pior, a qualidade das nossas emoções, afetando negativamente a nossa inteligência emocional e a qualidade dos nossos relacionamentos, e também a nossa saúde e qualidade de vida, como um todo.


EFEITOS NEGATIVOS DA SPA

A mente ocupada demais não consegue discernir bem as coisas e, por isso, é presa fácil para a ansiedade, que fomenta o estresse, a impaciência e a irritabilidade, levando ao descontrole emocional, dores de cabeça, dores musculares, disfunções estomacais, aumento de pressão arterial, compulsão alimentar, crises nervosas e a busca por remédios para as diversas dores, bebidas alcoólicas para o alívio das pressões do dia a dia, e até mesmo drogas ilícitas, tudo como válvulas de escape para esse turbilhão interior que acaba por esgotar suas forças, e sua capacidade produtiva.

O dia continua tendo 24 horas, mas a nossa percepção, graças a SPA, é que os dias estão passando rápido demais. Mas a verdade é que a percepção não é a mesma para quem vive numa cidade pequena, no interior, por exemplo, onde esse fluxo de informações não é tão intenso. O planeta é o mesmo. As 24 horas do dia são as mesmas. Então o que dá esta sensação de que o tempo está voando, passando rápido demais, é nosso sensor interno, altamente influenciado pela SPA.

Tudo isto afeta nossa autoestima, nos deixando constantemente frustrados, esgotados física e mentalmente e com dificuldade para traçar projetos de vida e desenvolver hábitos saudáveis.

O QUE FAZER PARA CONVIVER PACIFICAMENTE COM A SPA?

O que fazer então para continuarmos conectados e bem informados, mas também produtivos, saudáveis e felizes? Assim como o ambiente onde vivemos e trabalhamos precisa estar bem arrumado, limpo e higienizado, com as coisas nos devidos lugares para que possamos encontrá-las mais fácil, assim também é com a nossa mente. Precisamos, constantemente, fazer uma faxina e nos livrar de tudo que não é mais necessário para a nossa vida.

Para quê guardar rancor, por exemplo? Erros do passado? Encare-os de frente e agradeça por eles terem sido grandes mestres, pois é isso que eles são, e siga em frente, retendo as lições aprendidas e jogando fora os micos, as frustrações, as dores e as mágoas. Elas são inúteis na sua caixa de lembranças, acredite!!


PLANO DE AÇÃO CONTRA A SPA

O plano básico, número um, é controlar o vício pelo celular e redes sociais. Sim, eles são essenciais no nosso dia a dia, mas não precisamos viver grudados neles o tempo inteiro.

Inclua pequenas pausas durante o dia (longe do celular, internet e tv) e faça alguma atividade que você gosta (pode ser dá uma volta no shopping ou mercado, lê um livro, curtir uma música ou telefonar para uma pessoa querida e conversar, de verdade, com ela).  Que tal desenvolver um novo hobby, ou cultivar uma horta vertical na sacada do seu apartamento ou na varanda de sua casa? Que tal assistir um filme com seus filhos, ou brincar com eles, mas sem jogos eletrônicos? Ou brincar com seus pets, que são companheiros e também precisam de atenção?

E, principalmente, tire um tempo para você mesmo, um momento só seu, para refletir sobre suas ações, reações e realinhamentos no processo da vida. Gerencie sua vida, principalmente seus pensamentos e emoções, pois eles são nossas sementes e nos dão frutos, que são nossos resultados efetivos. Bons ou ruins, os resultados das nossas colheitas dependem, principalmente, da qualidade das nossas sementes (pensamentos e emoções), da fertilização do nosso solo (mente e corpo saudáveis) e de uma boa gestão para que a colheita seja a melhor possível (foco, resiliência e comprometimento com as metas e com os resultados).

PIT STOP PARA O CÉREBRO

O fundamental é que você forneça atividades lúdicas para que seu cérebro possa relaxar um pouco para que, assim, você possa ter mais controle sobre seus pensamentos, gerando emoções mais benéficas, como paciência, otimismo, alegria de viver e determinação em ser feliz.

E se o vício com o celular e redes sociais for mais forte, ao menos reserve alguns momentos para conteúdos construtivos, que alimentem positivamente seus pensamentos e emoções, ou para aprender novas coisas e hobbies, como cozinhar, por exemplo. O importante é estabelecer limites, ou não terá foco para fazer as coisas que realmente importam para que alcance suas metas, e o tempo não vai parar para esperar você ficar horas divagando em coisas inúteis. Tudo é uma questão de equilíbrio e bom senso.

Porque sucesso mesmo é ser feliz. E ser feliz é questão de escolha, e atitude!! Olho na SPA, e simbora ser feliz, combinado?

Tenha uma excelente semana!!

Até mais!!

Marcia Cruz

marciacruz@dicasbemviver.com 

0 comentários: