Dicas DBV Turismo,

EUA vão acessar redes sociais de quem solicitar visto

22 dezembro Marcia Cruz 0 Comments


O mundo realmente está globalizado e a internet já faz parte do nosso dia a dia. Mundo real e mundo virtual cada vez mais se misturam e fazem parte da nossa rotina. Com isto, cresce também a necessidade de termos cuidado com as informações postadas, e responsabilidade com as opiniões emitidas, que podem ser até mesmo virilizadas na rede.

Há algum tempo a gente sabe que as redes sociais são fonte de informações de empresas para conhecer um pouco mais seus candidatos a emprego. A novidade, é que os Estados Unidos adotaram a ideia e vão acessar as redes sociais de quem solicita visto para entrar no país. A medida, é por uma boa causa!!  Saiba mais!!


EUA: DE OLHO NAS REDES PARA LIBERAR OU NÃO O VISTO

Pois é, de acordo com informações reveladas pelo The Wall Street Journal, o Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos´está trabalhando num novo sistema de segurança que analisa as redes sociais das pessoas que solicitam visto para entrar no país, antes de autorizar sua emissão. 




COMBATE AO TERRORISMO

A medida toma por base os ataques realizados na cidade de San Bernardino, na Califórnia, no início de dezembro (2), quando foi descoberto que um dos autores dos atentados, a paquistanesa Tashfeen Malik, havia publicado sob um pseudônimo no Facebook postagens cujo conteúdo prometia lealdade ao Estado Islâmico. 







Tashfeen começou a viver nos Estados Unidos a partir da emissão do visto do tipo K-1 (destinado a pessoas que se casam com americanos nativos), e realizou os atentados junto ao marido, o americano de origem paquistanesa, Syed Rizwan Farook.



O tipo de visto K-1 está, inclusive, sendo reavaliado pelos Estados Unidos, assim como as 90 mil permissões dele feitas nos últimos dois anos. De acordo com o jornal americano, ainda não está definido quando este sistema de segurança será implantado, e não foram divulgadas informações sobre como será o processo utilizado para identificar possíveis terroristas. 

Este processo faz parte de três projetos pilotos iniciados pelo país no início deste ano, com o objetivo de analisar profundamente as postagens de usuários da rede social.

Para quem vai tirar o visto, uma preocupação a mais. Mas, sinceramente, não considero a medida invasiva. E, tratando-se de combate ao terrorismo e a todo tipo de intolerância religiosa, acho a medida bastante plausível. 

No mais, nos vemos no próximo post!!

Marcia Cruz
dicasbemviver@gmail.com

Curta nossa página no Facebook! 

https://www.facebook.com/DicasBemViver.byMarciaCruz