RECEITAS DBV

MAIS NOTICIAS DBV

5 chás que melhoram a digestão e diminuem estufamento no estômago

 

Hoje, a gente traz a dica de 5 chás que melhoram a digestão e diminuem o estufamento. Confira!

 Chá de Boldo

Sabe aquele peso e sensação de inchaço após comer um prato de feijoada? Uma xícara de chá de boldo, com certeza, irá te ajudar 
a sentir-se melhor.

Isso porque a infusão potencializa o funcionamento do fígado na hora de metabolizar as gorduras. Desta forma, elas são digeridas com mais facilidade, ajudando a prevenir a indigestão.

Portanto, é uma ótima opção para ser incluída no cardápio após a ingestão de pratos gordurosos.



Chá de Erva-doce

O chá de erva-doce é bastante comum no Brasil e oferece uma série de benefícios. Dentre eles, pesquisadores descobriram que as propriedades da erva faz com que ela estimule os fluídos intestinais.

Além de acelerar o processo digestivo, é um excelente remédio natural no tratamento de dor gástrica, estufamento no estômago e arrotos.


Chá de Tomilho

O tomilho é muito mais do que um tempero. Segundo pesquisadores, o chá desta erva é capaz de melhorar significativamente a digestão.

Portanto, é uma excelente opção!


Chá Preto

O chá preto é o mais consumido no Brasil e é rico em antioxidantes que protegem o estômago contra as úlceras. Portanto, é uma excelente opção!

Chá de Camomila

Se você costuma ter gases após as refeições, precisa começar a consumir o chá de camomila. Isso porque a infusão auxilia a diminuir as cólicas causadas por esse mal.

Até a próxima dica!


Turismo e Café: Fazenda União, no Vale do Café, no Rio



Você já ouviu falar do Vale do Café, no Rio de Janeiro? É uma região que reúne cafezais, muita história e uma natureza incrível! 

E, a cada ano, no período de florada, eles realizam um roteiro especial. Neste ano, a programação aconteceu nos finais de semana de 25 e 26 de junho, 23 e 24 de julho e este será o último final de semana, 27 e 28 de agosto.

Que tal você acompanhar as flores dos cafezais florescendo? Você sabia que cada uma das flores, que são pequenas e brancas, dura apenas três dias, fazendo com que os galhos das árvores carreguem uma mistura de flores e grãos verdes?


Pois é, e no Vale do Café, no Rio de Janeiro, várias fazendas e parques criam programações e cardápios especiais nesse período. Entre as experiências está a Rota do Grão e Uma Provinha de Cachaça, um circuito temático que facilita a entrada nas propriedades históricas da região.  

As atrações deste ano incluem três fazendas cafeeiras do século 19, um alambique e um jardim ecológico. Uma experiência inesquecível! Clique e saiba mais!

Fazenda União: um show à parte!

E a gente destaca a beleza, a elegância e a deliciosa gastronomia da Fazenda União, em Rio das Flores @fazenda_uniao. As imagens falam por si!





Também fazem parte do roteiro as fazendas Aliliança Agroecológica, em Barra do Piraí, e São Luiz da Boa Sorte, em Vassouras. 
 
Café, história e natureza!... Depois deste roteiro da nossa dica de hoje, você nunca mais vai beber café da mesma forma.

Até a próxima dica!

#DBVconfere #DBVindica @dicasbemviver #turismodbv @dicasbemviver




7 Benefícios incríveis da tangerina para a saúde. Você vai se surpreender!


De casca e polpa alaranjadas, a fruta de origem asiática, além de deliciosa, também é considerada bastante nutritiva e, portanto, muito benéfica à saúde como um todo.

Entre os seus nutrientes podemos encontrar a vitamina A, vitaminas do complexo B, vitamina C, folato (semelhante ao ácido fólico), bioflavonoides, além de minerais como o cálcio, magnésio, potássio, fósforo, entre outros que são essenciais ao bom funcionamento do corpo.

Conheça, agora, SETE benefícios da tangerina para a nossa saúde. 

1 - Faz bem para a pele

A mexerica ou tangerina é uma fruta rica em vitamina C, podendo fornecer ao nosso organismo pelo menos um terço da dose diária recomendada. Sendo assim, uma vez que a vitamina C possui excelentes propriedades antioxidantes, ao consumir a mexerica, é possível cuidar muito bem da saúde e beleza da nossa pele.

2 - Faz bem para o cabelo

Dentre as vitaminas do complexo B presentes na mexerica está a B12, que é essencial para manter o cabelo forte, saudável e bonito, além de fazer com ele cresça muito mais rápido. Outros benefícios dessa vitamina nas nossas madeixas incluem a prevenção da queda e, ainda, do branqueamento precoce, evitando que os fios fiquem brancos antes do tempo e nos deixem com uma aparência envelhecida.


3 - Ajuda a perder peso

A fruta é pouquíssima calórica, oferecendo apenas 53 calorias para cada 100 gramas, o que quer dizer, 
na prática, que você pode consumi-la sem medo de engordar ou, ainda, substituir alimentos mais calóricos, como pães e biscoitos, por ela. Sem contar que ela é rica em fibras!

4 - Fortalece o sistema imunológico

Mais uma vez, graças à presença da vitamina C em sua composição, junto com as suas propriedades antioxidantes, a tangerina também pode ajudar a aumentar a nossa imunidade, fortalecendo as defesas do corpo contra uma série de doenças, dentre elas a gripe e os resfriados.


5 - Protege o coração

Ainda por conta do Nobiletin presente em sua composição, vários estudos comprovaram que consumir a mexerica também pode ajudar a proteger o coração de diversos males, dentre eles, a hipertensão, aterosclerose, AVC, enfartos, derrames e ataques cardíacos. Isso porque a fruta é rica em potássio um mineral essencial para diminuir a pressão arterial e melhorar o fluxo sanguíneo, o que evita a formação dos perigosos coágulos no sangue.

6 - Melhora a digestão 

A primeira explicação para isso é o fato de a fruta conter boas quantidades de fibras e antioxidantes, que ajudam a regular o intestino, além de restringir a absorção do colesterol pelo fígado, o que evita a obesidade e ajuda a desintoxicá-lo. Ainda, ao comer a tangerina, você pode prevenir cólicas e vômitos, o que a torna ideal para mulheres grávidas.

7 -  Hidrata o corpo

A mexerica é uma fruta tropical, o que significa que ela pode ajudar a aliviar o calor nos dias mais quentes do ano, ou seja, no verão. Isso porque a fruta é composta por 90% de água, o que também a torna diurética.


Como se não bastasse tudo isso, inserir a mexerica na sua dieta emagrecedora também pode ajudar a controlar os níveis de açúcar no sangue e, ainda, diminuir a produção do cortisol, o hormônio do estresse, que é capaz de estimular o armazenamento de gorduras no corpo. Ou seja, é tudo de bom!

Marcia Cruz



Queremos o amor, mas estamos prontos para, de fato, amar?!


Quando eu escrevia poemas na adolescência, teve uma frase que me marcou e ficou até hoje: que o nosso amor não destrua nossas diferenças, e que as nossas diferenças não destruam o nosso amor. E, cada vez que paro e reflito sobre essa frase, ela se amplia e amadurece, e se consolida como uma excelente definição do que é o amor, na prática.

Afinal, o amor vai além da paixão e envolve uma relação madura entre pessoas que aprendem a amar as particularidades de cada um. O amor também vai além da relação amorosa entre duas pessoas que se enamoram e envolve desde o amor próprio ao amor entre pais e filhos, irmãos, amigos e a própria vida.

Mas hoje eu quero focar no amor entre um casal e o porquê, embora no fundo busquemos o amor, acabamos nos perdendo em meio ao caminho com ilusões e paixões, resultando em relacionamentos que nos levam a sofrer, a nos decepcionarmos e a achar que o amor não passa de ilusão e utopia. E esta que é a verdadeira utopia, já que o amor é inerente ao ser humano!

AMOR X PAIXÃO: AFINAL, O QUE É O AMOR?


A gente gosta de classificar as coisas e estabelecer padrões, sejam eles de beleza, de status quo, de padrão emocional e também de parceiro ideal, no qual idealizamos qualidades, forma física, padrão cultural e financeiro, mas jamais pensamos nos defeitos, como se eles não fossem inerentes a todos os seres humanos, já que somos todos aprendizes e estamos em processo de amadurecimento.

Queremos alguém que nos complete, que seja nossa “cara metade”. Alguém que nos entenda sem a necessidade de muitas palavras. Que nos suporte nos momentos mais difíceis e que nos transborde ainda mais nos momentos de felicidade. Alguém que podemos contar nos bons e maus momentos. Alguém que a gente ame conversar. Alguém que a gente possa confiar. Alguém que a gente possa sorrir, mas também chorar junto. Alguém que a gente ame fazer amor, pois o sexo faz parte do relacionamento amoroso e é uma parte importante. Alguém que a gente possa compartilhar experiências, e também tempo de vida, pois a gente quer amar até que a morte nos separe!!...

Esta é a essência do que realmente buscamos no amor, mas deixamos de perceber os sinais do coração, onde as almas se comunicam, para focar em outras coisas, como beleza física, ou padrões financeiros e/ou culturais, ou para sentimentos que não sustentam, de fato, uma relação.

“Querer alguém por sua beleza não é amor, é paixão. Querer alguém por sua inteligência não é amor, é admiração. No entanto, querer sem saber por que, é amor.”

AH, A PAIXÃO!!...


Queremos o amor, mas focamos na paixão porque nos habituamos a sentimentos e relações rasas e nos tornamos egoístas. Queremos nos satisfazer, e não ao outro. O outro que busque se encaixar no que queremos, esta é a realidade. 

E, como ilusão, a paixão se passa por amor. Ah, a paixão!!... Quando alguém se apaixona, perde o sentido da realidade, projeta em seu ser amado seus ideais de amor e o deseja a cada instante. É um sentimento intenso, envolvente, forte, mas que não se sustenta com o dia a dia e com a necessária aceitação do outro, tampouco das dificuldades do dia a dia.

Tem uma frase do Cazuza que diz: “o nosso amor a gente inventa pra se distrair, e quando acaba a gente pensa que ele nunca existiu”. Essa frase, na verdade, define bem a paixão.

O amor vai além da paixão... Além da atração física e do romantismo... Além das projeções onde, na verdade, queremos que o outro seja como idealizamos, pois não queremos saber dos defeitos, mas somente das qualidades que desejamos.

Apaixonar-se é revigorante... mas querer transformar paixão em amor, sem que, de fato seja amor, é caminho certo para o sofrimento e a dor. A paixão acaba, e não se sustenta... Com o tempo, a paixão sufoca, pois é possessiva e imatura, já que não lida com a realidade e a aceitação real do outro. Ela sim, uma utopia... um sofisma que faz os apaixonados pensarem que estão amando... mas não estão!


É AMOR OU PAIXÃO?

E como saber se é amor ou paixão? É quando volto à minha frase inicial: que o nosso amor não destrua as nossas diferenças, e que as nossas diferenças não destruam o nosso amor!

O amor, intrinsicamente, respeita as diferenças do outro, pois o amor é a aceitação do outro, e não a projeção do que queremos no outro. Amor é saber que cada pessoa é única e que amamos o outro por inteiro, com suas qualidades, mas também seus defeitos.

Amar é, de fato, um grande desafio. Para amar precisamos nos desfazer das projeções e idealizações que temos de forma pré-concebida, e aceitarmos viver um novo processo que inclui seguir nosso coração, ouvir a nossa alma, e a alma do outro, e trilhar, juntos, um caminho de descobertas, de cumplicidade e, acima de tudo, de confiança e entrega.

Uma relação onde não se exige perfeição e sim maturidade para lidar com os problemas, pois, sim, eles existem. A questão é: queremos o amor, mas estamos prontos para, de fato, amar?

“Amar é, de alguma forma, estar apaixonado por nossas diferenças. Ver o bom e o mau do nosso parceiro, sem anestesia. A paixão e o apaixonar-se não duram mais que alguns meses. Precisamente, é o amor que dura, então o amor verdadeiro é aquele que cultiva o compromisso, a atração e a intimidade. O amor é construído nas fundações do bem estar conjunto e individual, fomentando o crescimento pessoal de cada um e diminuindo toda a vulnerabilidade emocional que está presente em nós. Amar não é só felicidade, também é estabilidade, confiança, proteção, crescimento e incondicionalidade. Isso é o que o torna completo, único e verdadeiro!”

O amor não pode ser definido, porque definir é limitar e amar não tem limites. – Carlos Cuauhtémoc.

Fiquemos, então, com esta reflexão: queremos o amor, mas estamos prontos para, de fato, amar?!...

Até a próxima postagem!

Crenças Limitantes: o que são? Porque elas podem destruir a sua vida?


A partir de hoje, vou fazer uma série de conteúdos sobre CRENÇAS LIMITANTESComo o assunto é extenso, eu vou tratá-lo em etapas, para que você possa, inclusive, refletir e amadurecer sobre os assuntos tratados, pois estas crenças realmente são um atraso em nossa vida!!  E respeitar o seu tempo de aprendizado é essencial. Experiência própria!

Então, para começar, vamos entender o QUE É UMA CRENÇA LIMITANTE? Como essas coisas surgem em nossa vida? 


COMO TUDO COMEÇA...

Bem, quando a gente nasce, basicamente somos como uma folha em branco. À medida que nos relacionamos, interagimos e nos deixamos influenciar, nós escrevemos boa parte daquilo que PERCEBEMOS SER em nosso consciente e, principalmente, em nosso inconsciente

E porque eu digo o que "percebemos ser"? Porque, muitas  vezes, a nossa percepção é errada. Muitas vezes a gente está dando ouvidos a críticas maldosas, a opiniões de pessoas que não têm discernimento e temos o péssimo hábito de não buscarmos conhecer a nossa essência. 

Somos um ser social? Sim! Mas também somos únicos em nossa essência!! E é importante que a gente busque o autoconhecimento para que possamos ter uma vida plena. 



CRENÇAS: VALORES QUE ADOTAMOS

Crenças LIMITANTES, como o próprio nome já diz, nos levam à estagnação pessoal e profissional. Nos impede de ir adiante, de conquistar e até mesmo de acreditar no sucesso, tornado-o algo impossível. Mas elas são apenas interpretações e conceitos que assumimos como verdade, mas que não passam de sofisma, ou até mesmo de mentiras deslavadas mas que, infelizmente, são aceitas e levadas adiante!!

Muitas destas crenças surgem na infância. Nossa mente é como um papel em branco, lembra? E ela pode está sendo preenchida com um monte de bobagens através das pessoas que deveriam nos orientar, como nossos pais e professores, por exemplo, mas que geralmente vão passando adiante o que aprenderam, e no meio, as crenças limitantes

A verdade é que vamos sendo "moldados", desde o nosso nascimento, pela nossa família, mídia e amigos. E, aos poucos, estas informações adquiridas vão se transformando em VALORES e em VERDADES IMUTÁVEIS. 



TODAS AS ÁREAS PODEM SER AFETADAS

Algumas pessoas, por exemplo, conseguem ser bem sucedidas em seus relacionamentos, pessoais, familiares ou amorosos, no entanto, são péssimas na área financeira, tendo grande resistência em atrair e manter dinheiro para suas vidas. 

Outros não possuem problemas para o dinheiro fluir em sua vida, mas acabam se atrapalhando em seus relacionamentos. 

E, outros, ainda, parecem ter a vida tumultuada de problemas.Não conseguem fluir em nenhuma área, nem profissionalmente, nem financeiramente, nem na vida familiar, nem na vida social, nem na vida amorosa. Em nada! 

BOA NOTÍCIA!!...

Mas, tenha calma!! A boa notícia é que, assim como você construiu crenças negativas, seja em que área for, você pode desconstruí-las, colocando no lugar crenças positivas.

O que está faltando em sua vida: dinheiro? Uma família equilibrada e feliz? Um relacionamento amoroso feliz? Uma vida profissional que te realiza não só financeiramente, mas que também te faz acordar feliz por ter que trabalhar? 

Como dever de casa, pegue o que te falta e já comece a buscar o que te faz acreditar que você não merece o que quer. Que frases vêm em sua mente para justificar você não ter o que te falta?

Anote tudo e até a próxima postagem, aqui, no CONCEITO DBV, no Dicas Bem Viver!! Até lá!!

Ah... aproveite e reveja a postagem que eu fiz sobre "As Armadilhas da Culpa e do Imerecimento" (CLIQUE AQUI!!). 

Corre... Cuida de você!! Pois o tempo passa, a vida passa (e rápido demais...), e o que conta mesmo é a gente ser feliz!!...

Até a próxima!

5 receitas de vitaminas para emagrecer


Hoje eu trago a receita de cinco vitaminas, deliciosas, que ajudam a emagrecer. Elas podem ser tomadas no café da manhã ou no jantar, e são suficientes para te alimentar, substituindo a refeição no lugar de shakes, por exemplo

São cinco opções para você ir variando e aproveitando os diversos nutrientes. Confira as receitas!!

VITAMINA DE KIWI COM MELÃO



Ingredientes: 

2 xícaras de melão 
1/2 xícara de maça verde
1 kiwi descascado
Adoçante a gosto

Modo de Preparo: Bata tudo e sirva!

VITAMINA DE MORANGO COM BANANA



Ingredientes:

1 xícara de morangos
1/2 banana
1/2 xícara de leite desnatado
4 cubos de gelo,

Modo de Preparo: Bata tudo no liquidificador e sirva logo em seguida.

VITAMINA DE FRUTAS VERMELHAS




Ingredientes: 

1/2 xícara de morangos
1/2 xícara de amora
200 ml de leite desnatado

Modo de Preparo: Coloque no liquidificador e bata até obter um liquido homogêneo.

VITAMINA DE MANGA COM ABACATE




Ingredientes: 

¼ de xícara de manga em cubos
¼ de xícara de abacate amassado
¼ de copo de 160 g de iogurte desnatado
Adoçante a gosto
6 cubos de gelo.

Modo de preparo: Bata tudo no liquidificador, despeje em um copo e sirva logo em seguida. 

VITAMINA DE PÊSSEGO

Ingredientes: 

100 ml de leite desnatado
1/2 colher de linhaça
1/2 xícara de pêssego cortados.

Modo de preparo: Bata tudo no liquidificador até a linhaça ficar triturada. Depois despeje em um copo e sirva.

Todas as vitaminas são deliciosas!! Bom apetite!! 

Você associa ser milionário com pecado? Então pare, leia e liberte-se!!



Hoje vou falar de mais uma crença limitante que impede muitas pessoas de alcançarem seus objetivos financeiros: o medo inconsciente da avareza, que é considerado um grave pecado pelas normas religiosas. E, queiramos ou não, o Brasil é um país muito religioso, com predominância de católicos e evangélicos, que seguem a mesma Escritura, e também a mesma distorção sobre o que está escrito sobre riqueza e humildade.

Primeiro que humildade não tem nada a ver com pobreza e sim com caráter. E segundo porque, como já falei na postagem passada, sobre mentalidade financeira (CLIQUE E LEIA!!)o problema está no amor ao dinheiro, e não no dinheiro, em si.

A avareza sim, tem tudo a ver com amor ao dinheiro, e hoje vamos desmistificar esse sentimento que, de fato, é altamente nocivo, e que não tem nada a ver com o dinheiro. Acredite!!


AVAREZA: AMOR E ESCRAVIDÃO AO DINHEIRO

A avareza surge da mentalidade de escassez, que acredita que as coisas são escassas e que “farinha pouca, meu pirão primeiro”. A avareza anda junta com o egoísmo e, mais ainda, com o egocentrismo. O avarento se acha o centro do universo, e faz pouco caso das necessidades alheias quando, na verdade, a gratidão é um sentimento nobre a ser cultivado. Ajudar os outros é um sentimento comum as pessoas que são ricas e felizes. Já o egocentrismo, característica comum entre os avarentos.

E como surge esse sentimento de avareza, que é de fato o verdadeiro vilão e não o dinheiro? No amor ao dinheiro, que é o que a Escritura Sagrada descreve como raiz de todos os males (1 Timoteo 6.10).  

Como a avareza está associada a escassez, o avarento tem medo de perder as coisas e ficar pobre, e por isso transforma a riqueza no seu “guru”. Para elas, o dinheiro é a prioridade máxima, acima de qualquer coisa, inclusive casamento, filhos, saúde e até a própria felicidade. O avarento torna-se escravo do dinheiro porque a base de sua vida está em ficar e permanecer rico. Ele não consegue usufruir e, muito menos, compartilhar (doar, ajudar outras pessoas), pois tornaram-se obcecadas pelo ter, anulando o ser.


RELIGIÕES CONFUNDEM ENTENDIMENTO SOBRE DINHEIRO

Um dos grandes problemas da religião é que elas confundem o que é dito sobre o amor ao dinheiro, que é de fato o problema, e criam uma confusão na mente das pessoas em relação à riqueza, fazendo com que muitas pessoas, erroneamente, e inconscientemente, tenham medo da prosperidade por achar que ser rico é pecado.

Ser rico é uma coisa positiva. O amor ao dinheiro, negativa. E é muito importante que você entenda isso, e seja livre deste sentimento pernicioso que só te levará a uma vida sem verdadeiros amigos, sem uma verdadeira família, e sem uma vida feliz, pois a área financeira é apenas uma área da nossa vida, e não o todo.

Quanto a humildade não ter nada a ver com pobreza, e sim com caráter, basta você observar que existem muitas pessoas ricas, mas que são caridosas e amáveis com o próximo, enquanto existem pessoas pobres que são mesquinhas. O caráter define sua humildade, e não sua conta bancária!!

Eu realmente espero que estas postagens possam ter te ajudado, de alguma forma, a ter uma mentalidade próspera, pois nossos resultados dependem muito disto. E te incentivo a pesquisar mais sobre o assunto e a desenvolver sua vida financeira de forma plena, e feliz. Amando as pessoas, e não ao dinheiro, mas exorcizando esses pensamentos e sentimentos ruins em relação à riqueza, para que possa conquistar e usufruir com plenitude e paz seus objetivos materiais.

Até a próxima!

Dinheiro: mentalidade pobre x mentalidade rica. Qual a sua?


Na última postagem sobre Comportamento eu abordei sobre “Termostato Financeiro: porque algumas pessoas enriquecem e outras não? (CLIQUE AQUI E LEIA), e prometi falar sobre crenças limitantes que nos atrapalham na questão financeira em algumas postagens, pois o tema é extenso para tratarmos numa única vez.

Pois bem, hoje vamos falar sobre a expectativa que temos em relação ao dinheiro, e como isto está diretamente ligado aos nossos resultados financeiros efetivos. Me acompanhe!!



Sobrevivência x Abundância


Seu foco em relação ao dinheiro está na sobrevivência ou na abundância? Você pensa em ganhar o suficiente para pagar as contas e ter uma vida confortável e mais segura, ou imagina conquistar abundância financeira, onde possa desfrutar de uma vida ricamente confortável?

É importante identificar o que você realmente espera em relação aos seus resultados financeiros, pois se você acha que conseguir pagar as contas e ter uma vida mediana é o suficiente, é isto que você terá.

E não tenho nada contra em relação a isto, mas preciso que você entenda a diferença entre ter algum conforto e ser rico, e que também esteja consciente da sua real expectativa em relação ao dinheiro, pois os teus resultados irão na direção do teu foco.

Acreditar que ter conforto irá te levar à riqueza é uma crença limitante, um mito que te deixará frustrado se sonha em ser rico.


Mire as estrelas, acerte a lua

A questão é que quando a gente pensa pequeno, os resultados serão equivalentes. Então, se você pensa em ter um pouco de conforto e segurança, certamente você viverá uma vida mais regrada, onde terá que abrir mão de muitas coisas que você gostaria, mas a renda não permite.

E isso inclui desde a ir num restaurante e fazer os pedidos fazendo as contas para vê se cabe no orçamento, a fazer uma viagem e ter que se contentar com voos populares, em horários ruins e péssimas escalas, além de roteiros econômicos. Quem sabe um estilo mochilão esteja entre seu limite orçamentário?

Como eu disse, nada contra. Mas se você quer uma vida de real abundância, é necessário que você amplie seus horizontes e crie expectativas e metas mais condizentes com a realidade que você almeja viver. Em outras palavras, mire as estrelas para, no mínimo, acertar a lua!!


Que tipo de vida você almeja viver? 

E, para mirar nas estrelas, pense no que você quer viver com a riqueza que deseja alcançar. Assim, você estará usando a energia dos teus pensamentos e do teu foco naquilo que realmente quer viver.

Se quer ficar rico, desenvolva pensamentos e emoções ligados à abundância e não a escassez. Pratique. Mude sua mentalidade!!

Como eu sempre digo: é a sua vida, são os seus resultados. E a responsabilidade é sua!! Dá trabalho? Sim. Mas vale a pena!! Pense que o pódio não é para a maioria... a plateia sim.

Na próxima postagem de Comportamento falarei sobre mais uma crença limitante da área financeira. E se você quer fazer alguma sugestão de assunto sobre Comportamento, envie um email para dicasbemviver@gmail.com . Será um prazer desenvolver um tema do seu interesse. Combinado?

Até a próxima!


Termostato Financeiro: Porque algumas pessoas enriquecem e outras não?



Alguma vez você já se perguntou porque algumas pessoas enriquecem e outras não? Porque algumas pessoas parecem ter o fluxo da prosperidade em suas vidas enquanto outras vivem sempre endividadas, mesmo que ganhem bem? A resposta, acredite, está dentro de cada um de nós!! A nossa forma de pensar e lidar com o dinheiro influencia totalmente nossos resultados financeiros.  

E hoje eu quero falar com você sobre Termostato Financeiro e sobre como você pode melhorar o seu.

TERMOSTATO FINANCEIRO

Primeiro vamos entender o que é um termostato. Ele é um dispositivo utilizado para manter constante a temperatura de um determinado sistema, através de regulação automática (preste atenção nisto!), impedindo que a temperatura varie além de certos limites preestabelecidos, corrigindo os desvios de temperatura. São eles que controlam a temperatura dos refrigeradores, ferros elétricos, ar condicionado e muitos outros equipamentos que usamos em nosso dia a dia.

E o que é o termostato financeiro? É o seu padrão mental, as suas crenças financeiras, que regulam, automaticamente (preste atenção nisto!!), a sua “temperatura”, a sua realidade financeira. Se os seus resultados financeiros não são os que você deseja, pare agora com toda e qualquer desculpa e regule seu termostato, ou seja, a sua forma de pensar sobre dinheiro e riqueza.


COMO O TERMOSTATO FINANCEIRO FUNCIONA

Porque eu fiz questão de frisar sobre o termostato regular a temperatura automaticamente? Porque é assim que o termostato financeiro acontece em nossas vidas, de forma inconsciente, sem nos darmos conta do que fazemos, mas sentindo os efeitos em nossos resultados efetivos.

Um bom exemplo disto são ganhadores de loteria. Pesquisadores da Universidade Vanderbilt, dos Estados Unidos, descobriram que cerca de um terço dos ganhadores de loteria vão à falência apenas alguns anos depois de receberem os primeiros milhões.

E porque isto acontece? Porque dentro deles não existe a mentalidade de prosperidade. Embora tenham ganho uma fortuna, no fundo eles estão cheios de crenças limitantes em relação ao dinheiro e, inconscientemente, vão fazer de tudo para perderem o que ganhou e voltar a ter a quantidade de dinheiro com a qual conseguem lidar com mais facilidade, que é a sua “temperatura preestabelecida”, ou seja, o padrão que eles têm dentro de si mesmos em relação ao dinheiro. Isto tudo inconscientemente pois, como destaquei, o termostato funciona de forma automática!!

Pensemos agora numa pessoa que tem um padrão de mentalidade rica e também perde tudo, por algum motivo. Como o termostato dela é de riqueza, ela vai conseguir refazer sua fortuna. Seu padrão interno é de prosperidade e sua mentalidade vai trabalhar neste sentido, de focar nas oportunidades, no planejamento e nas ações efetivas que o levarão de volta ao seu equilíbrio interno.

A pessoa que tem a mentalidade pobre vai encontrar desculpas para se lamentar e, geralmente, vai culpar as circunstâncias ou outras pessoas pelo seu fracasso, ou endividamento.

A pessoa que tem a mentalidade rica, por sua vez, vai aprender com os erros, realinhar seus planos e seguir em frente. Ela pensa: eu sei ganhar dinheiro e vou conquistar tudo de novo!!  

O fato é que se nossas crenças estão programadas para que cheguemos até certo grau de sucesso financeiro, é até lá que vamos conseguir chegar. Podemos até passar do limite preestabelecido por um tempo, mas logo retornaremos ao patamar gravado em nosso termostato.


COMO MUDAR NOSSO TERMOSTATO FINANCEIRO

Problema identificado, vamos à solução! A primeira etapa a gente já fez até aqui: conscientização e entendimento. “Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará” é um princípio básico de libertação. Para você lidar com um problema, seja ele qual for, o primeiro ponto é reconhecer que ele existe e entender o problema.

A segunda etapa é querer mudar a situação. "Ninguém pode convencer ninguém a mudar. Os portões da mudança só podem ser abertos de dentro para fora", como bem disse Stephen Covey.

Nesta etapa, é fundamental você entender que seus pensamentos representam apenas o seu aprendizado até agora, mas que você pode e deve mudar seu padrão de pensamento a seu favor. Procure entender como você realmente vê o dinheiro e a riqueza na sua vida, e as emoções ligadas a isto, se são negativas ou positivas.

Um terceiro passo fundamental é o comprometimento com a mudança e com o seu sucesso e resultados efetivos. Os ricos assumem o compromisso de serem ricos pois elas vêm a riqueza como algo positivo, que potencializa seus sonhos e metas, e trabalham para isto, pois sabem que seus resultados dependem de sua mentalidade e atitudes.

As pessoas de mentalidade pobre, por outro lado, gostariam de ser ricas, mas ficam apenas na vontade. E, como vimos, mesmo que consigam ficar ricas, se continuarem com o termostato de pobreza, é assim que irão ficar, mais dia, menos dia.


DINHEIRO NÃO TRAZ FELICIDADE

Para encerrar eu trago uma frase que é muito usada de forma pejorativa e que acaba funcionando como uma grande crença limitante em relação ao dinheiro. E como eu quero que você mude sua forma de lidar com o dinheiro, o caminho é fazer você ressignificar seu entendimento.

No livro “Os segredos da mente milionária”, T. Har Eker diz que a razão ou motivação para enriquecermos ou fazer sucesso é crucial. “Se ela possui uma raiz negativa, como o medo, a raiva ou a necessidade de provar algo a si mesmo, o dinheiro nunca lhe trará felicidade”, diz ele. E por quê? Porque o problema não está no dinheiro e sim nas emoções negativas que você tem e precisa resolver.

Entenda uma coisa que a Escritura diz: a raiz de todos os males está no amor ao dinheiro.  No amor e não no uso do dinheiro, pois dinheiro é uma coisa, e emoção é outra!! Dinheiro a gente faz com nosso trabalho, investimentos,  ideias, criatividade, empreendedorismo etc. Dinheiro a gente usa; pessoas a gente ama. E o amor a gente começa dentro de nós, amando o próximo como a nós mesmos. Como bem dizia minha mãe, minha Maroquinha (in memoriam): “a gente não dá o que não tem!”.

O dinheiro, na verdade, potencializa nosso poder de ação. Mas se você for mesquinho, trapaceiro e antiético, o problema está em você, e não no dinheiro, em si. Dinheiro é uma coisa, e emoção e caráter é outra!!

Como esse assunto é extenso, e muito importante, na próxima postagem falarei um pouco mais sobre as mudanças necessárias para que você consiga identificar melhor as crenças limitantes em relação ao dinheiro (acredite, são muitas!!) e dá um fim nelas. Combinado?

Até a próxima postagem!

Sampa Sky… se inspira e vem!


Que tal flutuar sobre a cidade de São Paulo a 150 metros do chão?

Sampa Sky… se inspira e vem!

O Sampa Sky fica na Praça Pedro Lessa, 110, 42o andar, São Paulo - SP. @sampasky



Uma programação imperdível! Assista o vídeo, confere algumas poses para se inspirar e se joga na experiência!

#DbvIndica @dicasbemviver 
#dicasbemviver #sampasky #sampaskysp