RECEITAS DBV

MAIS NOTICIAS DBV

Quando a paixão pela política nasce na família

 
Priscila Gambale, Gustavo Siqueira, Abelzinho e Xilão: candidatos no Alto Tietê, em São Paulo

As eleições estão chegando e, em meio ao corre corre do dia a dia, as pessoas também precisam encontrar tempo para avaliar seus candidatos, suas propostas e também as suas histórias. E é interessante observarmos casos de candidatos que se inspiraram em parentes próximos, mostrando que o talento na política também está no “sangue da família”.
 
E eu cito alguns exemplos da região do Alto Tietê, no interior de São Paulo, como é o caso da candidata à Prefeitura de Ferraz de Vasconcelos, Priscila Gambale  (PSD), inspirada e apoiada por seu irmão, o deputado estadual Rodrigo Gamballe, e também dos candidatos a vereador: Abel Franco Larini (PL), o Abelzinho, candidato em Arujá, inspirado pelo seu pai, Abel José Larini, que foi prefeito da cidade por quatro mandatos; Marcilio Chilao (PSL), o Xilão, candidato na cidade de Suzano, que também foi inspirado pelo seu pai, o ex-vereador Marcílio Gonçalves Pereira; e Gustavo Siqueira (PSDB), candidato em Mogi das Cruzes, inspirado pelo seus avós Ivan Siqueira e Eliza Torrezani Siqueira, que foi a primeira vereadora da cidade, e também pelo seu bisavô,  Cícero Alves dos Anjos , que foi ex-prefeito da cidade.
 
Para muitos, com tantos problemas envolvendo a política, torna-se duvidoso trilhar esse caminho. Mas é esse o pior perigo, pois é justamente de boas pessoas e de bons profissionais, capacitados e responsáveis, que o Brasil precisa para dar à política seu merecido lugar de destaque. E este é o desafio destes jovens políticos citados: mostrar que podem, sim, fazer a diferença, e que política, sim, é um lugar de honra, e também de paixão que pode, sim, nascer no seio familiar.

E eu quero te convidar para conhecer um pouco mais a história do Gustavo e do seu avô, e fazermos juntos duas importantes reflexões. Vem comigo!

Ivan Siqueira e o seu neto, Gustavo Siqueira

Eliza Torrezani Siqueira foi a primeira mulher vereadora de Mogi das Cruzes

*EXPERIÊNCIA DO PASSADO COM A OUSADIA DO FUTURO*
 
A história do Gustavo me chamou muito a atenção, como um todo, e por isso fiz esse destaque. É nítido o seu amor pela cidade de Mogi das Cruzes, considerada a principal da região do Alto Tietê, e ele faz questão de dizer que é mogiano de nascimento e também de coração. Também é nítido como a política sempre acompanhou toda a sua vida, bem como a luta pelas causas da cidade.
 
Desde pequeno, ele aprendeu sobre a importância do poder legislativo com o seu avô, Ivan Siqueira, vereador entre 1960 e 2000, e também com a sua avó, Eliza Torrezani Siqueira, que foi a primeira vereadora da cidade (entre 1968 e 1973). Ele também é bisneto do ex-prefeito de Mogi, Cícero Alves dos Anjos (1940-1944). Uma família de grandes talentos políticos da cidade de Mogi, o que acabou influenciando sua escolha pela vida pública.
 
Em 2002, Gustavo foi chefe do Pronto Atendimento ao Cidadão, passando em seguida a assumir a chefia da Limpeza Pública, até 2008. Também atuou como assessor parlamentar na Câmara dos Deputados, em Brasília, de 2010 a 2014 e, por último, foi Diretor de Limpeza Pública, na gestão do atual prefeito de Mogi, Marcus Melo (candidato a reeleição), onde também coordenou os serviços de limpeza e manutenção de praças, parques e avenidas. Como principais bandeiras, ele defende a proteção animal, o saneamento básico, e a luta pela manutenção e serviços dos bairros, principalmente os periféricos, onde estão as pessoas mais carentes e que mais precisam do apoio dos serviços públicos. E assim ele une a experiência do passado, sua própria e de sua família, com a ousadia do futuro, já que ainda é tão jovem.
 
Gustavo é uma prova que a política precisa de bons políticos e que não podemos ter preconceito por candidatos que venham de uma família que tenha outros políticos. O foco é a qualidade profissional e o real comprometimento com a causa. Se a pessoa não tiver nenhum dom para a política e quiser sobreviver baseado no sucesso dos outros, que os eleitores saibam separar o joio do trigo.
 
Assim como muitos médicos, advogados, professores, jornalistas, escritores e etc, podem se inspirar em familiares, os políticos também podem. Mas não é o parentesco ou o sobrenome que irá lhe garantir o sucesso, e isso cabe ao mercado e aos eleitores, no caso da política, separar os falsários e impostores, pois estão no lugar errado. E a máscara, cedo ou tarde, irá cair! É só olhar a qualidade dos resultados!

Ivan Siqueira: quando a justiça é injusta
 
*QUANDO A JUSTIÇA É INJUSTA*
 
Outro ponto a destacar na história do Gustavo, é o que aconteceu com seu avô, Ivan Siqueira, que foi condenado por improbidade administrativa e inocentado após 13 anos, por unanimidade. Só que, um ano antes, sem suportar toda a situação injusta e caluniosa, acabou cometendo suicídio.
 
Essa situação do avô do Gustavo nos faz refletir sobre a situação atual, onde tantas reputações são destruídas em jogos de poder, sem que se tenha o devido respeito a vida humana e também a própria justiça, que precisa ter muita responsabilidade ao julgar e ao punir uma pessoa. Também nos revela a demora em se julgar um caso, pois foi após 12 anos de espera que a esperança do seu Ivan se foi, junto com sua vida, pois ele sentia-se roubado de sua dignidade. Injustiçado!
 
É claro que também vemos casos de puro descaso e também de ativismo judicial, que milita por causas, muitas delas injustas e negativas para a sociedade, como um todo, ou mesmo com causas que lesam a Pátria, roubando, literalmente, o futuro e a liberdade da nação, e que se perpetuam num jogo de poder onde poucos ganham e a maioria perece.


 
*ESPERANÇA PARA O FUTURO*
 
Porém, tanto para a política quanto para a justiça, é preciso olhar para o futuro e é preciso que pessoas do bem queiram atuar, seja na política ou no judiciário, realmente de forma limpa e justa. E é por isso que eu torço, oro e espero, por um futuro melhor, não para poucos, mas para todos. Mas sem esmolas e sem escravidão, com dignidade, liberdade, ordem e progresso. Respeitando-se as famílias (que é a base da sociedade!), os valores e princípios do bem e da luz, a justiça justa e sem militância e uma política onde o povo, que é o verdadeiro patrão, seja devidamente respeitado.
 
Desejo uma feliz eleição ao Brasil no próximo domingo, dia 15 de novembro de 2020. Que sejam eleitos os melhores para o povo brasileiro, numa eleição limpa, sem fraudes, e que cada candidato seja consciente do seu papel e da sua missão na política. Que os eleitos possam fazer um bom trabalho e construir um bom legado, passando a sua paixão às próximas gerações, como vemos nos casos citados na matéria.
 
E a eles eu desejo uma feliz eleição! A todos os leitores, responsabilidade no voto!
 
Salve a nossa Pátria amada e querida, o nosso Brasil!
 
Feliz eleições, Brasil!

 
Marcia Cruz

Aromaterapia e óleos essenciais: contraindicações exigem atenção e cuidados



O mercado de Aromaterapia e Aromatologia no Brasil está, cada vez mais, ganhando excelentes marcas de óleos essenciais e empresas idôneas. O crescimento dos pequenos produtores nos ajuda a ter óleos de qualidade com certificação orgânica e de boa procedência.

Meu intuito aqui não é falar de uma ou outra marca específica e nem citar empresas melhores ou piores, e, sim, alertar sobre os riscos e o mau uso dos óleos essenciais, principalmente quando falamos de crianças, idosos, gestantes e pessoas com restrições de saúde.

É muito importante que você conheça a marca que costuma usar e sempre peça ajuda a um aromaterapeuta de sua confiança, pois ele é o profissional mais indicado para informar sobre o uso correto dos óleos essenciais.



ATENÇÃO ÀS CONTRAINDICAÇÕES DOS ÓLEOS ESSENCIAIS

O uso de óleos essenciais exige cuidado e atenção, por isso sempre pesquise sobre a formação de quem está indicando os produtos para você. Há muita informação sobre Aromaterapia na internet e nas redes sociais que não estão corretas e, em vez de ajudar, prejudicarão você e sua família se o uso for feito de forma errada.

Você sabia que alguns óleos essenciais têm contraindicações? Cada pessoa é única e o aromaterapeuta, através da anamnese, entende as queixas e questões de cada pessoa e pode fazer um tratamento personalizado e assertivo indicando a sinergia dos óleos essenciais e o uso de forma correta e segura.

O que pode ser bom para um, pode ser muito prejudicial a outra pessoa, uma vez que somos seres individuais e únicos e a Aromaterapia, como terapia integrativa e complementar, propõe tratar o ser humano de forma holística, olhando para o todo.



AROMATERAPIA E ÓLEOS ESSENCIAIS: COMO ESCOLHER

Para ajudar você na escolha dos óleos e do profissional, preparei 10 dicas:

1 – INFORME-SE
Quando ler informações na internet ou nas redes sociais, verifique sempre a procedência da empresa ou do profissional em questão. Busque informações para verificar se são idôneos.

2 – ESCOLHA DO PROFISSIONAL
Escolha um bom profissional de Aromaterapia para ajudar. Você pode pedir indicação a algum amigo ou terapeuta de confiança. Outra opção é procurar um profissional que seja credenciado a associações como Abraroma, Aromaflora ou Ibra (Instituto Brasileiro de Aromatologia), que têm indicações de aromaterapeutas qualificados.

3 – ORIGEM DOS ÓLEOS UTILIZADOS
Pergunte sempre ao profissional qual a procedência dos óleos que ele utiliza. São 100% puros? Ele conhece bem a empresa de óleos que utiliza? Tem os laudos cromatográficos, que são informações que nos mostram as análises e as composições químicas de cada óleo essencial e atestam a pureza dos produtos? Essa informação deve estar no site da empresa de forma clara e transparente. Algumas marcas enviam esses laudos por e-mail quando solicitadas.

4 – VERIFIQUE OS RECIPIENTES
Se o aromaterapeuta indicar óleos essenciais de farmácias de manipulação ou casa de produtos naturais é importante que você pesquise as marcas e verifique se estão sendo vendidos em vidros de cor âmbar.

5 – AO ADQUIRIR UM ÓLEO ESSENCIAL, VERIFIQUE SE O PRODUTOR INFORMA NO RÓTULO:
Nome comum e nome científico;
País de origem do produto;
Parte da planta empregada na extração;
Prazo de validade;
Especificação de quimiotipo ou de teor em princípio ativo;
Método de extração.



6 – COMO UTILIZAR OS ÓLEOS ESSENCIAIS
Os óleos essenciais são muito concentrados e extraídos de plantas, mesmo assim é importante ter cuidado e atenção no uso.

Uso externo: aplicação na pele
Você pode usar óleos em base carreadoras como gel, creme, óleo de massagem, sais para escalda-pés ou banho. Para aproveitar o benefício terapêutico do óleo essencial essas bases precisam ser de origem natural, vegetal e sem químicos nocivos.

Uso externo: pelo olfato
Você também pode usar por meio de difusores elétricos, aromatizadores de ambientes de boa procedência ou ainda em colares ou difusores aromáticos. O aromaterapeuta também pode te indicar a forma correta e segura de uso.

Uso interno: ingestão
O terapeuta que indica a ingestão dos óleos essenciais deve ser capacitado, ter formação na área da Aromaterapia ou ainda ser um profissional da área de saúde. Aqui no Brasil o mais comum é indicar óleos de uso externo. O uso interno de forma errônea pode ocasionar efeitos colaterais e intoxicações.

7 – CUIDADO COM AS ESSÊNCIAS SINTÉTICAS
Apesar do aroma agradável, elas não têm benefício terapêutico, apenas cheiro agradável. Para entender as diferenças entre óleos essenciais e essências, CLIQUE AQUI.



8 – CUIDADO COM ÓLEOS QUE TÊM CÍTRICOS
Alguns óleos essenciais são fotossensíveis e podem queimar a pele quando houver exposição ao sol. Tenha ainda mais cuidado com óleos que têm cítricos como laranja, limão e bergamota na composição. Evite o uso desses óleos se você tiver contato com a luz solar.

9 – ACOMPANHAMENTO PROFISSIONAL
Quem tem a saúde debilitada ou sofre de alguma doença precisa de acompanhamento mais de perto e de cuidados redobrados. O melhor sempre é ter esse atendimento do profissional de saúde e do aromaterapeuta.

10 –  CONHEÇA AS CONTRAINDICAÇÕES
É fundamental conversar com o aromaterapeuta para saber sobre as contraindicações de cada óleo essencial, especialmente para uso em gestantes, bebês, crianças e idosos.



CONHEÇA ALGUNS DOS ÓLEOS ESSENCIAIS COM CONTRAINDICAÇÃO

Esses são alguns dos óleos mais conhecidos que apresentam contraindicações, mas não significa que são os únicos. Existem mais de 300 óleos essenciais no mercado. Seria inviável listar todos e suas contraindicações.

Alecrim: não pode ser usado por hipertensos, pois eleva a pressão arterial. Evite o uso em pessoas com epilepsia, gestantes, bebês e crianças.

Canela: não deve ser usado na gravidez, em crianças, bebês e em hipertensos. Evite aplicar em peles sensíveis porque pode causar queimadura e dermatites de contato. Caso queira usar o óleo essencial de canela em massagem, sempre em baixa dosagem como 0,5% respeitando as contraindicações,  e de preferência com orientação de um aromaterapeuta.

Ylang Ylang: é hipotensor e baixa a pressão arterial. Em alta concentração, pode causar dor de cabeça e desconfortos.

Capim limão: não deve ser utilizado por pessoas com glaucoma e hiperplasia prostática, também é hipotensor.

Cítricos em geral: são fotossensíveis e queimam a pele se expostos ao sol após o uso.

Óleos que têm cânfora em sua composição química devem ser evitados no uso em conjunto com a homeopatia. Consulte sempre um aromaterapeuta.

Lembre-se: em caso de dúvidas, consulte sempre um aromaterapeuta! O melhor sempre é ter a informação e a indicação correta no uso dos óleos essenciais e da Aromaterapia.

Por SOLANGE LIMA
Terapeuta holística e numeróloga. Utiliza técnicas como Florais, Aromaterapia, Cromoterapia, Shiatsu, Reflexologia e Reiki. Realiza atendimentos em São Paulo
Contato: falecomigo@solangelima.net
Site: http://www.solangelima.net

3 receitas com alho: Patê de alho assado, Patê de alho com iogurte e Patê de alho vegano com nozes e azeitonas



Uma das prioridades, hoje em dia, é reforçamos o nosso sistema imunológico. Semana passada a gente trouxe a receita básica de alho assado (CLIQUE AQUI), que pode ser feita no forno ou no air fry, e hoje a gente traz três receitas de patê com alho: Patê de Alho Assado, Patê de Alho com Iogurte e Patê de Alho Vegano com Nozes e Azeitonas

Vale lembrar que o alho é rico em vitamina A e C, reduz o muco em nossos pulmões e auxilia no combate dos vírus e bactérias no corpo. Ou seja, é excelente para nos ajudar na prevenção do Covid-19!

Dito isto, confere as receitas e mãos à obra! Você pode usar os patês com petiscos, na salada, cenoura em palito, torradas ou para fazer um delicioso pão de alho. Hummmm... eu amo!! Use e abuse!



PATÊ DE ALHO ASSADO

Após preparar o alimento da forma tradicional (CLIQUE AQUI), basta descascar os alhos e misturá-los com o cream chesse, amassando bem até formar um creme. 

Ingredientes:

Uma cabeça de alho assada
Azeite de oliva
Sal e pimenta do reino a gosto
300 gr de cream chesse
3 colheres de sopa de maionese

Modo de Preparo:

Assim que o alho que estiver pronto (bem macio e levemente marrom), retire do papel alumínio e espere esfriar um pouco.

Enquanto isso, coloque o cream chesse numa tigela, juntamente com a maionese. Misture bem.

Retire o alho da casa e, com um batedor de arame ou um garfo, misture tudo com força, amassando bem os dentes de alho, para que eles se desmanchem.

Tempere com sal e pimenta do reino a gosto e leve a geladeira até a hora de usar. 

Fica bom por uma semana!



PATÊ DE ALHO COM IOGURTE

Esse patê de sabor acentuado leva apenas três ingredientes. Com alho, iogurte grego natural e suco de limão, você tem um patê delicioso para servir em churrascos e cafés da tarde. Para preparar, basta misturar até ficar homogêneo e levar à geladeira. Não podia ser mais prático e o resultado é bem saboroso e diferente. Confira!

Ingredientes:

4 dentes de alho amassados
1 pote de iogurte grego natural sem açúcar
1 colher de chá de suco de limão
sal e pimenta a gosto

Misture tudo até ficar homogêneo. Mantenha de geladeira. Se quiser, enfeite com cebolinha ou coentro.



PATÊ DE ALHO VEGANO COM NOZES E AZEITONA

Um patê delicioso e nutritivo para servir como aperitivo acompanhado de torradinhas, crackers ou um pão quentinho. Você pode fazer a mesma receita com castanhas ou amêndoas. Fica bom demais! Confira!

Ingredientes

1 xícara de nozes
1/4 xícara de azeitonas verdes
2 colheres de sopa de semente de girassol
2 colheres de sopa de azeite de oliva
2 dentes de alho pequenos
suco de meio limão
sal e pimenta a gosto
1/4 de xícara de água
ervas secas de sua preferencia

Modo de Preparo

Planeje esta receita com antecedência se quiser fazer a versão crudívora, pois as nozes tem que ficar de molho antes de serem utilizadas. Caso você decidir fazer a receita de ultima hora, coloque as nozes de molho em água fervente por mais ou menos uma hora antes de utilizar, escorra e utilize conforme as instruções abaixo.

Comece preparando as nozes. Enxague as nozes em água corrente com o auxilio de uma peneira. Coloque em um recipiente de vidro e cubra com água filtrada. Deixe de molho por 8 horas.

Passado o tempo de molho, escorra a água das nozes e jogue fora. Coloque a metade das nozes no  processador juntamente com as sementes de girassol, as azeitonas, o alho e o limão. Processe tudo adicionando água aos poucos ate obter uma mistura tipo pasta, adicionando água quando for necessário. Adicione o restante das nozes, tempere com sal e pimenta a seu gosto e bata novamente ate conseguir a consistência desejada.

Se você quiser um patê mais lisinho basta processar por mais tempo e processar as nozes todas de uma só vez. Eu separei a metade porque queria um patê mais consistente, mais grosso. Se for utilizar ervas aromáticas, acrescente na ultima etapa do processo, ou então simplesmente misture ao patê sem liquidificar. Por ultimo acrescente o azeite de oliva apenas misturando rapidamente. Coloque o patê em um recipiente de preferencia de vidro, tampe e conserve geladeira por pelo menos uma hora antes de servir para agregar bem os sabores dos temperos.

Como eu já disse, você também pode fazer a mesma receita com castanhas ou amêndoas. Fica bom demais! 

Até o próximo post!!

7 dicas para planejar a alimentação saudável



Ter uma alimentação saudável é fundamental para a boa saúde. Porém, com o corre corre, produtos industrializados acabam sendo atrativos, principalmente quando comprados em lojas de produtos naturais, com ar de mais saudável. E, de fato, são melhores que os produtos industrializados sem preocupação com a quantidade de produtos químicos, corantes, conservantes etc.. Mas, o ideal mesmo, é termos uma alimentação mais natural, com mais vegetais, frutas e legumes, e boas proteínas! 

Na postagem de hoje, algumas dicas para facilitar o planejamento para que você possa ir implementando uma alimentação mais saudável para você e sua família. Lembre-se: alimentação saudável não é dieta, e sim estilo de vida! É algo que você deve adotar no seu dia-a-dia. Este é o verdadeiro novo normal que todos devemos adotar!! 

Confira as dicas!



1 - Para começar o planejamento, crie o cardápio da semana e liste os ingredientes necessários. Confira o que tem na despensa e na geladeira e faça uma lista do que falta, evitando desperdícios e otimizando suas compras.

2 - Escolha horários com menos movimento para ir às compras, evitando longas filas,  ou compre online. Hoje em dia está muito fácil comprar tudo através de aplicativos e você economiza tempo e o dinheiro do combustível! Procure os supermercados que tenham entrega grátis e verifique os bônus disponíveis. Economizar é sempre bom! 
 
3 - Não exagere nas compras. Siga a lista do item 1 e evite compras por impulso! Mas, se lembrar de algo que queira muito, também não precisa ficar se martirizando. Só não exagere! Compre com responsabilidade e consciência, sem desperdícios!
 
4 - Definitivamente, elimine de sua lista e de sua vida os alimentos ultraprocessados, como bolachas, refrigerantes, sucos de caixa e sopas solúveis, entre outros. A maioria deles é rica em sódio, gordura trans e calorias vazias. 


 
5 - Já que temos muitos afazeres no dia-a-dia, que tal separar um dia da semana para preparar as refeições e armazenar, facilitando sua rotina? Você pode preparar porções e congelar, ou já deixar o serviço adiantando, como porções de proteínas na quantidade do consumo do dia, para não ficar descongelando e congelando, danificando o alimento, e já limpas. Se for deixá-las com tempero, cuidado com a quantidade do que for usar, principalmente do sal.  

6 - Pesquise marcas de massas e pães que sejam integrais e sem trigo. Hoje em dia o mercado já oferece inúmeras opções de produtos com farinhas mais nutritivas e saudáveis. E, quanto ao arroz, que tal experimentar opções alternativas, como quinoa e arroz de couve-flor? Mas, caso goste muito do arroz, prefira versões integrais.

Dica extra: para evitar desperdícios, guarde o pão na geladeira ou mesmo no congelador e o aqueça na hora de comer.
 
7 - Sua atenção maior deve estar em frutas, vegetais e legumes. Mas sem exagero, pois a durabilidade deles não é grande. 

Frutas frescas mais resistentes: maçã, laranja, limão, goiaba, melão, abacaxi. 

Legumes frescos e resistentes: aipo, brócolis, cebola, batata, batata-doce, inhame, cenoura, abóbora.


Até a próxima postagem!


Receita: Alho assado



Em tempos de pandemia, a preocupação com a qualidade de vida aumentou, juntamente com a importância de cuidarmos bem do nosso sistema imunológico.

E hoje eu trago uma receita que é super fácil de fazer e é excelente para aumentar a nossa imunidade: alho assado! O alho é rico em vitamina A e C, reduz o muco em nossos pulmões e auxilia no combate dos vírus e bactérias no corpo. Ou seja, é excelente para nos ajudar na prevenção do Covid-19!

E a receita é bem prática! Confira!


Ingredientes:
1 cabeça de alho grande por pessoa
Sal a gosto
Azeite de boa qualidade
Orégano (ou outra erva de sua preferência)
  
Modo de preparo:

Corte a parte superior da cabeça de alho e a retire, como se fosse uma tampa, deixando os dentes expostos.

Em seguida passe um pouco de sal na superfície da cabeça, azeite e polvilhe orégano em cima.

Logo depois envolva tudo em papel alumínio e coloque no forno ou no air fry por cerca de 30 minutos, em fogo alto.

Prontinho! Ele fica crocante e pode servir como acompanhamento em suas refeições. Fica ótimo com proteínas!

Até a próxima dica! 

Saiba como os óleos essenciais são absorvidos pelo corpo


 
A Aromaterapia pode ajudar a aliviar o estresse, combater a irritação, amenizar a ansiedade, agir como calmante, a melhorar uma relação e até trazer mais saúde. Mas como os óleos essenciais são absorvidos pelo nosso corpo?

São duas maneiras: pelo olfato (inalação) e pelos poros (absorção pela pele). Continue lendo e saiba mais!
 



ÓLEOS ESSENCIAIS: ABSORÇÃO POR INALAÇÃO

Na inalação, o nariz reconhece as moléculas aromáticas dos óleos essenciais por meio dos receptores olfativos, que estão localizados nas membranas dos cílios, passando pelos neurônios olfativos, e chegando até o nosso sistema límbico, que é o cérebro das emoções. 
Todos os órgãos do corpo estão conectados com centros localizados no sistema límbico, que é diretamente influenciado por pensamentos e emoções.

O que nos interessa que relaciona comportamentos, memórias e emoções:

Hipotálamo: é o mais importante de todos porque comanda o sistema nervoso e endócrino, nossos hormônios.

Hipocampo: responsável por nossas memórias.

Amígdalas cerebelosas: responsável pelos nossos comportamentos, nos dá sensação de prazer e dor, tristeza, alegria, medo, raiva  por exemplo.

A inalação através dos colares de aromaterapia ou difusores aromáticos é a melhor forma de uso para esse tipo de absorção.



ÓLEOS ESSENCIAIS: ABSORÇÃO PELA PELE

A outra forma de absorção dos óleos essenciais é pela pele, o maior orgão do corpo humano. Os óleos essenciais são lipo-solúveis, o que ajuda na penetração na pele.

Suas moléculas são leves e ajudam a penetrar mais rapidamente na derme e diretamente na corrente sanguínea. Mas atenção:
se a pele está muito desidratada, isso pode dificultar a absorção dos óleos essenciais.

A temperatura da pele também pode impactar na absorção: se a pele estiver aquecida, logo absorverá mais rápido porque os vasos sanguíneos se dilatam, tornando mais fácil a entrada dos óleos essenciais na corrente sanguínea.

Se a pele apresenta sudorese, a absorção fica comprometida. Isso porque as glândulas sudoríparas não permitem que as substâncias passem quando estão muito úmidas.

A massagem aromaterápica é um tratamento que estimula a penetração dos óleos essenciais na pele, como os óleos são voláteis e evaporam rapidamente, é sempre aconselhável cobrir as partes do corpo que não estiverem sendo massageadas.

Os óleos essenciais são muito concentrados. Por isso, é necessário utilizar veículos carreadores para que os óleos essenciais penetrem pela superfície da pele. Carreadores são os óleos vegetais prensados a frio, cremes e géis neutros, sabonete neutro e sais de banho ou para escalda-pés.

ALERTA IMPORTANTE: nunca utilize os óleos essenciais puros sobre a pele, pois isso pode causar alergias e queimaduras graves.
A Aromaterapia e os óleos essenciais podem ser aliados no controle e equilíbrio das suas emoções, mas lembre sempre de consultar alguém especialista aromaterapeuta antes de fazer uso dos óleos.
Esse profissional pode te ajudar a escolher os melhores tratamentos e os óleos mais indicados para o seu momento, respeitando sua individualidade.

Por SOLANGE LIMA
Terapeuta holística e numeróloga. Utiliza técnicas como Florais, Aromaterapia, Cromoterapia, Shiatsu, Reflexologia e Reiki. Realiza atendimentos em São Paulo


Como conservar frutas e legumes

 


Além de planejar, é preciso caprichar na conservação de frutas e legumes para que durem mais tempo. Uma técnica bastante eficaz é o branqueamento de hortaliças, que permite que alimentos sejam congelados por até três meses. Veja como fazer:
 
1 - Lave e corte os legumes e as verduras na forma em que deverão ser consumidos 

2 - Mergulhe-os em uma panela de água fervente com fogo alto e feche a tampa (veja o tempo na tabela abaixo) 

3 - Com uma peneira ou escumadeira, retire-os da panela e mergulhe-os em água bem fria com gelo e deixe pelo mesmo tempo. Esse choque térmico interrompe o cozimento

4 - Escorra a água e acondicione os alimentos em potes herméticos ou sacos de plástico próprios, preenchendo-os até a borda

5 - O descongelamento pode ser feito direto no cozimento
 
A técnica preserva o valor nutricional, a coloração e o sabor, pois reduz a carga microbiana e diminui a ação enzimática natural que acabaria estragando o alimento. Assim, aumenta seu tempo de vida útil, ajudando na conservação.

 
Branquamento de hortaliças para congelar
abobrinha ralada1 a 2 minutos
acelga picada, almeirão picado, brócolis, cenoura picada, cheiro-verde, chicória picada, couve picada, espinafre picado, moranga picada, feijão-vagem, folha de mostarda picada2 minutos
abobrinha picada, aipo (talos picados), alho-poró (talo), quiabo, ervilha em vagem2 a 3 minutos
abóbora madura picada, nabo picado3 minutos
aspargo2 a 4 minutos (depende do tamanho)
batata3 a 5 minutos (depende do tamanho)
berinjela picada4 minutos
tomate picado20 a 30 minutos
tomate, pimentão, couve picada, repolho picadonão precisa branquear, desde que sejam utilizados em preparos cozidos
batata, batata-doce, taro, inhame, cará, abóborapodem ser congelados como purê
morango, melancia, melão,não precisa branquear: use os pedaços congelados em sucos e vitaminas

Fonte: Embrapa


O branqueamento não é recomendado para hortaliças consumidas cruas, como alface, agrião e rúcula. Nesse caso, a dica é higienizar, deixar que sequem bem e guardar em potes na geladeira, alternando camadas de folhas verdes com camadas de papel toalha. Ao longo da semana, troque o papel se notar que ele está úmido. Com esse cuidado, você terá sua salada prontinha para consumo por muito mais tempo. 

Com planejamento e evitando desperdícios, o desafio de manter uma alimentação saudável sem sair de casa (ou saindo apenas o mínimo possível) se torna um pouco mais fácil. Para reforçar ainda mais sua imunidade, não esqueça: o corpo precisa de movimento e de descanso. Por isso, pratique atividades físicas em casa e respeite as horas de sono.

Até a próxima postagem!




Quais vitaminas são essenciais para aumentar a imunidade?



O nosso sistema imunológico tem como principal função a proteção contra infecções causadas por bactérias, vírus e outros patógenos. Fatores como genética, meio ambiente, estilo de vida, estado nutricional – ou mesmo a interação de todos esses fatores – influenciam o sistema imunológico, e isso pode explicar as grandes diferenças entre as pessoas neste quesito.


A nutrição tem sido estudada há décadas em seu importante papel na imunidade. Conforme ocorre com os outros sistemas corporais, o sistema imunológico depende de nutrientes adequados para seu bom funcionamento e estudos mostram que as células imunes podem ser particularmente sensíveis à ausência ou redução de certos nutrientes e componentes dos alimentos.

Pesquisas evidenciam que a deficiência ou inadequação nutricional está associada ao comprometimento da função imunológica, contribuindo para o aumento da morbidade e mortalidade por infecções. Dessa forma, melhorar o estado nutricional e a quantidade de vitaminas e minerais é essencial para garantir a saúde imunológica, seja por meio da ingestão alimentar ou de suplementos.




Alimentos indispensáveis para o sistema imunológico:

Ômega-3: peixes (sardinha, atum, arenque, salmão selvagem), castanhas, amêndoas, nozes

Compostos bioativos (antioxidantes e anti-inflamatórios): frutas vermelhas/arroxeadas, verduras, legumes e sementes em geral

Prebióticos (cebola, alho, alho poró, chicória, farinha de banana verde, batata doce, batata yacon, biomassa de banana verde) e fibras (cereais integrais, frutas, verduras, legumes, sementes) para a saúde do intestino

Selênio: principal fonte castanha do pará (recomendado 3 unidades/dia)

Vitaminas do complexo B: levedura nutricional, sementes oleaginosas, cereais integrais

Vitamina D: peixes de água salgada, ovos e manteiga

Vitamina E: azeite de oliva extra virgem, castanhas, avelã, semente de girassol, abacate

Vitamina A: cenoura, batata doce, folhas de brócolis, manga, couve

Vitamina C: abacaxi, acerola, laranja, kiwi, goiaba, brócolis, frutas cítricas, frutas vermelhas, talos da couve, salsa

Zinco: sementes como gergelim, chia, linhaça, castanhas, amêndoas, cereais integrais, casca da tangerina, feijões, principalmente feijão azuki

Os alimentos dessa lista devem fazer parte da composição diária da dieta. Suplementos nutricionais poderão ser indicados conforme necessidade individualizada. E deve-se evitar alimentos industrializados em geral, devido à baixa qualidade nutricional.



Além de manter um padrão saudável de alimentação, regular os níveis de estresse e sono também auxiliam no sistema imunológico. Níveis elevados de estresse contribuem para o aumento de cortisol circulante. Sabe-se que os níveis de cortisol interferem diretamente na qualidade do sono. Um sono inadequado pode causar menor eficiência das células imunitárias – ou, em outras palavras, baixar a imunidade.

Fonte: Gislaine Engelmann é nutricionista clínica do Hospital Dona Helena, de Joinville (SC)


Conheça as diferenças entre óleos essenciais e essências



 A Aromaterapia é uma terapia complementar que utiliza óleos essenciais para equilibrar a saúde física, mental e emocional do ser humano. Esses produtos têm caráter terapêutico e são ricos em princípios naturais. Ao serem inalados, enviam uma mensagem ao sistema límbico – que é a parte do sistema nervoso responsável pelo emocional – ativando o metabolismo, transformando positivamente os sentimentos e regulando as funções orgânicas do corpo.

No entanto, é preciso reforçar que óleo essencial é diferente de essência. Enquanto o primeiro é 100% natural e extraído de plantas, flores, frutos, resinas, cascas ou goma; a essência sintética é, na verdade, uma cópia do óleo essencial produzida em laboratório – o que a torna um produto artificial. E por não possuir os princípios ativos dos óleos, as essências só perfumam o ambiente e não oferecem nenhum outro benefício terapêutico.

Além disso, os óleos essenciais não possuem em sua fórmula óleos minerais ou substâncias como o parabeno e o propileno – que anulam o efeito terapêutico do produto. Também utilizam corantes naturais e de qualidade orgânica, enquanto as essências sintéticas são produzidas com fixadores e corantes artificiais. Por último, vale saber que o óleo essencial raramente causa reações alérgicas, ao tempo em que as essências podem provocar mal estar pelo uso contínuo, como dores de cabeça e ânsia de vômito.



COMO IDENTIFICAR UM ÓLEO ESSENCIAL

Sendo assim, antes de usar a Aromaterapia no dia a dia é importante saber diferenciar um óleo essencial de uma essência. E essa tarefa pode ser mais simples do que você imagina. No rótulo da embalagem, abaixo do nome comercial do óleo essencial, sempre vem escrito o nome botânico ou científico do produto. No caso do óleo essencial de Lavanda, por exemplo, o rótulo também deve mostrar seu nome científico: Lavandula officinalis. Portanto, se no rótulo constarem essas duas informações, significa que você estará adquirindo um óleo essencial.

Outro indicador importante é o valor do produto. Óleos essenciais custam, em média, entre R$ 15,00 e R$ 70 – cada 10 ml – com raras exceções, como o óleo essencial de Rosas, que chega a custar R$120 cada 2 ml de produto. As essências, por sua vez, possuem um valor mais baixo – cerca de R$10 cada 10 ml de produto.

Sendo assim, utilize essas dicas na hora de fazer uso da Aromaterapia e garanta que está comprando um produto que fará diferença na sua vida.

Por SOLANGE LIMA
Terapeuta holística e numeróloga. Utiliza técnicas como Florais, Aromaterapia, Cromoterapia, Shiatsu, Reflexologia e Reiki. Realiza atendimentos em São Paulo

Colônia del Sacramento: beleza histórica a poucos minutos da Grande Buenos Aires

 


Por Ricardo Montenegro e Carlos Rodríguez Ruiz*

Dona de milhares de pores do sol, destino de escapadelas românticas e objeto de todos os olhares ao longo da história, é um dos mais belos cartões-postais que o Uruguai oferece quando o recebe.

Como todos os departamentos do país, e mais ainda quando se trata de turismo, Colônia possui uma série de singularidades geográficas, históricas e culturais que a diferenciam. Os mais de duzentos quilômetros de litoral mostram com orgulho a variedade que os visitantes que nunca pisaram em suas terras podem esperar. As calmas e sempre presentes praias naturais de areia fina e branca, pontilhadas na paisagem por outras de altas ravinas com vistas inigualáveis, fozes de rios e ribeiras que são refúgio para centenas de barcos desportivos que cruzam as suas águas em todas as estações, por vezes não tão mansos, que ainda surpreendem os mais de 2.000.000 de argentinos que a cada ano cruzam o rio "largo como o mar", visitando várias cidades e vilas do departamento; desde o pujante e portuário Nueva Palmira, no rio Uruguai, até a tranquila Costa do Imigrante, já muito perto da fronteira com o departamento de San José.



Colônia mostra ao Uruguai o descanso tranquilo e a conversa despreocupada, o esforço do trabalho e a variedade da imigração europeia, que juntos forjam o caráter nacional do lugar. Possui áreas definidas pela imigração basca, visíveis em Carmelo e Nueva Palmira como em nenhuma outra cidade; os piemonteses em La Paz e Valdense; o suíço-alemão em Nueva Helvecia ou Colonia Suiza; Francês na região de Rosário; a área rural multicultural marcada por Tarariras, Ombúes de Lavalle, Cufré, Florencio Sánchez e Miguelete; o marcado sotaque manufatureiro de Juan Lacaze e a mais cosmopolita Colonia del Sacramento, esta última o ponto de maior entrada de turistas da Argentina.







Patrimônio Histórico e Cultural do Uruguai

Colonia del Sacramento, um ponto militar estratégico quando o Império Português a fundou em janeiro de 1680, adquiriu a mesma categoria, mas do ponto de vista turístico. Fundada pelo governador do Rio de Janeiro, Manuel Lobo, com o mandato imperial de estender a fronteira ao sul e assim marcar sua reivindicação à coroa da Espanha, que já tinha Buenos Aires como porto de partida, tanto para a produção de peles e outros insumos, como prata e ouro, que viajaram do Alto Peru. Em 1995 e após quase 30 anos de trabalhos de restauração e proteção, o local foi declarado Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO, fato fundamental para a expansão do turismo, desde o número de visitantes ao elevado investimento na hotelaria. Esta joia representa um imã para turistas de fora da região, muitos deles adeptos de sítios distinguidos pela UNESCO e é comum encontrar naquelas poucas quadras, com linhas irregulares, grupos de turistas que falam várias línguas de todos os continentes.






Qualidade ao estilo uruguaio

Mas o turismo não é apenas uma questão de história. A produção de lacticínios, vinhos, queijos e doces é cada vez mais aceita pelos hotéis e restaurantes locais, dada a receptividade dos turistas que preferem produtos locais e praticamente ecológicos, seguindo as velhas tradições trazidas da Europa. A gastronomia transcendeu a proposta típica do Rio da Prata e é um fiel reflexo daquela encontrada em outros destinos importantes do mundo. A tradicional grelha que se mantém firme, compartilhando o mesmo bloco com propostas gourmet da mais alta qualidade.





Na área vitivinícola, com epicentro no Carmelo, são produzidos vinhos de grande qualidade, em tradicionais adegas de prestígio internacional como a Irurtia ou a Zubizarreta, mas também noutras tipologias “boutique” que satisfazem o paladar internacional. É preciso lembrar que em Colônia está “o DNA do tannat”, segundo um enólogo francês que percorreu a região, desde os arredores da capital até além de Carmelo.

Destino preferido para escapadelas de fim de semana, a proposta inclui cassinos, hotéis de luxo, bairros abertos, mas construção de alta classe, shoppings e passeios tranquilos ao longo das avenidas costeiras. Em Colonia del Sacramento, as noites começam com os mais belos pores-do-sol que se podem ver: em um dia de céu claro, a enorme Buenos Aires mostra seu imponente horizonte, com o brilho de suas torres envidraçadas que lembram o sempre presente turista portenho, acotovelada na avenida costeira, que em breve deixará este lado do rio e seus arredores bucólicos, para retornar ao gigante urbano do Río de la Plata.

DICA 1

O departamento de Colonia repousa sobre o cotovelo de terreno em que nasce o Km 0 do Río de la Plata dos grandes fluxos dos rios Uruguai e algo mais além, o Paraná. Esta magnífica confluência pode ser vista desde Punta Gorda, um ponto alto da praia onde desembarcou seu descobridor ("onde Solís jejuou e os índios comeram", disse Jorge Luis Borges) em 1516 e séculos depois, Charles Darwin.




DICA 2

O passeio pelas ruas antigas do Bairro Histórico relembra os quase 100 anos de luta entre espanhóis e portugueses trazidos para o meio urbano; Os paralelepípedos portugueses se cruzam com os abobadados espanhóis, e as paredes de pedra e tijolo falam de construções de um estilo sobre o outro.

DICA 3

Desfrute da Rota dos Vinhos do Carmelo com a Associação de Guias de Turismo de Colónia - Contacte Susana Vela: whatsapp +598 98 521 240.


* Textos por Ricardo Montenegro e Carlos Rodríguez Ruiz.

Fotos: Cristian Denevi, Enrique Haladjian, Diretoria de Turismo de Colônia.

Receita Hambúrguer de Quinoa e Cenoura


A quinoa tem uma família colorida de variedades, variando do rosa ao vermelho, marrom e preto. É um alimento antigo cultivado na Cordilheira dos Andes da América do Sul. É rica em proteína – fornecendo uma proteína completa – e pode ser cozida de 1001 maneiras. Esta receita é com certeza uma modo rápido de aproveitar a quinoa. Experimente!!

Ingredientes

4 colheres de sopa / 60ml de azeite de oliva, mais para fritar
½ xícara / 85gr de quinoa, enxaguada
1 dente de alho, picado
1 xícara / 240ml de água
¼ colher de chá + ¼ colher de chá / 1¼gr + 1¼gr de sal
1 cebola, em cubos
1 xícara / 130gr de cenouras, raladas
¼ colher de chá / ⅛gr de coentro
1 colher de chá / 2½gr de pimenta preta
2 ovos omega-3 ou caipiras
½ xícara / 25gr de farinha de rosca integral de grãos germinados
½ xícara / 120ml Cottage orgânico vegetal e/ou de vaca criada em pasto
2 colheres de sopa. / 8gr de salsinha fresca, picada
1 colher de sopa / 2½gr de manjericão, picado

Modo de Preparo

Coloque a quinoa numa panela com água, para ferver em fogo alto. Adicione ¼ colher de chá / 1¼gr de sal.

Mexa, e depois baixe o fogo; tampe e cozinhe por 20 minutos. Desligue o fogo após a quinoa absorver todo o líquido.

Refogue a cebola e o alho com metade do azeite numa frigideira em fogo alto, por cerca de 3 minutos.

Adicione a cenoura ralada, coentro, ¼ colher de chá / 1¼gr de sal e pimento preta; cozinhe mais 3 minutos e remova do calor.

Bata os ovos numa vasilha; adicione a farinha de rosca, Cottage, salsinha e manjericão.

Adicione a quinoa e cenouras. Mexa bem para misturar. 

Molde a mistura em forma de hambúrgueres.

Aqueça o restante do óleo numa frigideira grande. Frite em grupos, cada lado por 3 minutos.

Escorra os hambúrgueres fritos em papel tolha.

Se desejar você pode servir os hambúrgueres de quinoa com a sua salada favorita.

Dose: 1 hambúrguer

Trocas por porção: 1½ Carb, 1½ Proteína, ½ Gordura

Até mais!!


Receita: Torta Simples de Limão Siciliano


Se você tem creme de limão sobrando de um projeto de culinária, use agora nesta receita fabulosa. O segredo para fazer esta torta de limão simples mas deliciosa é a crosta de biscoito. E é claro, podem ser usados biscoitos sem glúten. Experimente!!

Ingredientes

9 biscoitos amanteigados de limão
2 colheres de sopa / 30gr de manteiga
1 colher de chá / 2gr de Stevia em pó
1 limão siciliano inteiro
suco de 2 limões sicilianos
5 ovos omega-3 ou caipiras
6 colheres de sopa / 90gr de manteiga derretida
2 xícaras / 480ml de creme de limão

Modo de Preparo

Pré-aqueça o forno a 180°C.

Unte o fundo e os lados de um prato profundo de torta com spray antiaderente de culinária.

Triture os biscoitos no processador de alimentos para obter uma textura muito fina.

Misture a manteiga; bata por alguns segundos.

Coloque numa vasilha e misture bem; pressione para moldar a massa de biscoitos no prato de torta.

Limpe o liquidificador; adicione a Stevia, limão inteiro, suco de limão e ovos e bata para misturar.

Adicione a manteiga e bata por mais alguns segundos.

Transfira o recheio de limão para a crosta da torta.

Coloque o prato de torta na grade central do seu forno pré-aquecido.

Asse por 40 minutos, até que o recheio esteja firme.

Retire do forno e deixe esfriar por alguns minutos. Espalhe a creme de limão por cima do recheio.

Leve ao refrigerador e gele pelo menos 30 minutos.

Para servir, enfeite com chantilly (2 colheres de sopa / 30 ml = 1 porção de gordura) e fatias de limões, se desejar.

Dose: ⅛ fatia

Trocas por porção: 3 Carboidrato, ½ Proteína, 3 Gordura