Fitness e Suplementos,

Aeróbico antes ou depois da musculação? Confira aqui no DBV!!

30 setembro DBV - Dicas Bem Viver 0 Comments


Muitas pessoas conjugam a musculação ou outros exercícios orientados para o ganho de massa muscular com exercícios aeróbicos como caminhar, trotar (correr devagar) ou correr na esteira. Mas, o que é melhor, realizar o exercício aeróbico antes ou depois da musculação? A resposta? Confira!!

A resposta depende do seu objetivo

O exercício aeróbico pode ser prejudicial a pessoas que querem ganhar massa magra, dependendo da maneira como é realizado.

De qualquer forma, tudo depende do objetivo do indivíduo. Para saber mais, leia já  o artigo  “A Verdade Por Trás Do Exercício Aeróbico”.

Pessoas que desejam ganhar massa magra não devem realizar exercícios aeróbicos antes da sessão de musculação, pois correm o risco de perder a performance durante o treino de força.

Isso ocorre porque, ao realizar o aeróbico antes, você poderá esgotar suas energias e sua reserva de glicogênio.

Glicogênio Muscular




Aqueles que desejam perder peso e eliminar gordura corporal devem realizar o exercício aeróbico em dias alternados ao treino de musculação.

Porém, mais eficazes que os exercícios aeróbicos para estes propósitos são os treinos HIIT.

Apenas para atletas que desejam correr maratonas, a regra acima não se aplica. Para estas pessoas, o ideal é treinar a corrida (aeróbico) antes da musculação. Isto também serve para as pessoas que desejam ganhar resistência física.

Os treinos HIIT, geralmente, levam menos tempo para serem realizados do que os aeróbicos tradicionais.

Se você combinar um treino de musculação em um dia e sessões de HIIT no outro, não tem erro: a perda de peso virá!

Como são intensos, estes treinos não podem ser executados no mesmo dia da musculação, pois, desta forma, o desempenho de um atrapalhará no do outro.

A ordem dos fatores altera, sim, o produto

Conforme já vimos neste artigo, no caso dos exercícios aeróbicos, o corpo usa o ar como combustível e, no caso dos anaeróbicos, o organismo utiliza a glicose, o que acarreta na produção do ácido lático.

Quando realizamos primeiro os exercícios anaeróbicos com pesos e menor duração, o corpo vai gerar ácido lático, promovendo uma queda no desempenho ao executar posteriormente exercícios aeróbicos, principalmente se o grupo muscular predominante for o mesmo do exercício de força.

Exemplo: Ao treinar pernas na musculação, você ficará com estes membros mais suscetíveis à dor e desconforto por causa do ácido lático ali acumulado e, caso você resolva correr depois, certamente, suas pernas não terão a mesma performance. Por outro lado, se você correr antes do treino de musculação, o corpo exigirá muito das pernas e estes músculos estarão cansados para o posterior exercício de força.

A dica é realizar antes o exercício que trabalhará seu objetivo principal. Entretanto, o caminho ideal ainda é intercalar os exercícios aeróbicos com os exercícios anaeróbicos com intervalos de no mínimo 6 horas.

Trocando em miúdos…

É bem simples, não é? Agora a única coisa que você tem que fazer é se perguntar:

“Qual o meu objetivo principal?”

1 – Ganhar Massa Muscular e Perder Gordura:

Realizar o exercício aeróbico após o treino de musculação, sabendo que não o realizará com a sua performance máxima;

O treino mais eficaz para seu objetivo é intercalar os dias de musculação com os dias de treino HIIT para um não prejudicar o desempenho do outro.

2 – Ganhar Resistência Física (Maratona):

Realizar o treino de musculação após o exercício aeróbico, sabendo que não o realizará com a sua performance máxima;

O treino mais eficaz é intervalar os dias de musculação com os dias de treino de aeróbico para um não prejudicar o desempenho do outro.

Após responder essa pergunta, você já saberá o que fazer, pois já vimos que o exercício que vier depois será, de certa forma, prejudicado.

Defina o seu objetivo principal e mão na massa! 

Por Hiit Brasil

Até a próxima postagem!!