Comportamento,

10 idiomas mais falados no mundo

09 março Redação DBV - Dicas Bem Viver 0 Comments


Ser um cidadão global significa entender e, consequentemente, saber se comunicar com pessoas de diferentes partes do mundo. Para isso, é preciso focar no aprendizado de outros idiomas. Mas afinal, qual opção deve-se conhecer? Antes de qualquer decisão, é importante saber quais são as línguas mais faladas no mundo.

Ao todo, existem cerca de 7 mil idiomas. Por isso, sem dúvida, ter conhecimento sobre alguns dos principais permitirá ter mais chances de sucesso profissional e nas relações interpessoais.

Neste post, mostraremos as 10 línguas mais faladas no mundo. Além de destacar o motivo de serem mais popularmente usadas, explicaremos a importância de cada uma — não só para as localidades em que são oficiais, mas também em escala global.

Se você busca novos conhecimentos e quer aprender mais, siga conosco!

As 10 línguas mais faladas no mundo


Atualmente, inglês e espanhol são as línguas mais lembradas quando se pensa nos idiomas mais falados. Mas temos também o mandarim, o hindi e o árabe, usados por uma considerável quantidade de pessoas.

1. Inglês

O inglês aparece como a língua mais conhecida do planeta. É considerado o idioma universal por ser usado em transações comerciais pelo mundo, além de ser o mais fácil para o aprendizado.

Mundialmente, são cerca de 360 milhões de falantes nativos do inglês. Além disso, a quantidade de pessoas que o utilizam como segunda língua varia entre 470 milhões a mais de um bilhão. Ele também aparece como a língua mais adotada como oficial por diversos países, estando presente em todos os continentes do planeta.

Só na região da América, a estimativa é que existam mais de 500 milhões de pessoas se comunicando por esse idioma, e, em todo o mundo, ele aparece em destaque também como a língua mais ensinada.

O inglês é sugerido como o primeiro idioma a ser aprendido por quem busca uma segunda língua, inclusive desde os primeiros anos de vida, devido à sua popularidade.

2. Mandarim

O principal motivo para a sua popularidade é o tamanho da população chinesa: são mais de um bilhão de pessoas que têm o mandarim como idioma oficial. No entanto, é considerado um dos mais complicados de se aprender, pois, além de poucos padrões, envolve uma grande diversidade de palavras.

O uso do idioma teve início com as relações comerciais entre Portugal e China ainda no século XVII, quando foi preciso estabelecer uma linguagem própria para as trocas de produtos. Ele, porém, era restrito à alta cúpula que controlava os negócios, o que justifica seu nome. Somente em 1956, passou a ser a língua oficial chinesa.

Estima-se que cerca de 1,3 bilhão de pessoas no mundo falem mandarim, principalmente na China e em Cingapura, Hong Kong e Macau. Desse total, é o segundo idioma para 180 milhões de pessoas.

3. Espanhol

O espanhol é falado por cerca de 400 milhões de pessoas, e é uma das línguas mais buscadas no mundo. Ele está presente em toda a América Central e parte da América do Sul. De forma oficial, 21 países falam espanhol, entre eles Argentina, Paraguai, Uruguai, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Panamá, México e Espanha.

A expansão do espanhol aconteceu no final do século XV, a partir das conquistas territoriais, fazendo com que chegasse a toda a América, onde foi modificado e adaptado. Por isso, é possível encontrar diferentes maneiras de utilizá-lo, de acordo com a cidade ou região.

4. Hindi

Hindi é a língua oficial da Índia e se popularizou devido ao fluxo de imigrantes e ao tamanho da população local, que ultrapassa 300 milhões de pessoas. Assim como o mandarim, é considerado um idioma complicado por envolver grandes variações. Ao todo, a Índia tem 23 idiomas oficiais.

Atualmente, ele é mais falado na região norte do país, utilizando-se a escrita devanagari. As autoridades pretendem adotar o vocabulário como o oficial para se comunicar e educar, com o objetivo de diminuir a predominância do inglês sobre a educação das crianças.

5. Árabe

Outros cerca de 250 milhões de pessoas são falantes nativos da língua árabe, que também reúne diferentes dialetos, dificultando o seu entendimento. Por conta da amplitude do idioma, estipulou-se um agrupamento das palavras faladas, visando a melhoria da interpretação em diversas partes do mundo.

Assim, a forma primária da escrita é o árabe padrão moderno — que tem relação com o árabe clássico encontrado no livro sagrado do Alcorão.

6. Português

O português está disseminado entre mais de 250 milhões de pessoas ao redor do mundo. Ele é encontrado no Brasil e em Angola, Cabo Verde, França, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, Timor Leste, São Tomé e Príncipe, entre outros países.

O processo de expansão da língua ocorreu, principalmente, por conta do movimento colonialista português no século XV. Portanto, a diversidade da forma falada é riquíssima e apresenta variedades no sotaque a depender de cada região.

7. Bengali

O bengali ou bengalês, muito similar ao hindi, é uma língua indo-ariana falada por mais de 200 milhões de pessoas. Ela é encontrada na região de Bangladesh, nordeste da Índia e Singapura.

O idioma apresenta um alfabeto cujo sistema de escrita é o brâmico, que contém nada menos que 500 caracteres. Por conta disso, aprender a ler e escrever em bengali torna-se um desafio e tanto.

8. Russo

Existem mais de 170 milhões de pessoas que falam russo no mundo. O idioma está espalhado em mais de 16 países, como China, Rússia, Israel, Mongólia e Estados Unidos. Dessa maneira, ele é considerado uma das línguas mais populares do planeta.

Contendo uma gramática única e particular, o russo possui um alfabeto cirílico, inspirado pelo grego e o hebraico, que é composto por 33 letras. Assim, o vocabulário é o mesmo utilizado para escrever outros idiomas, como o búlgaro, o bielorusso e o ucraniano.

9. Japonês

Cerca de 130 milhões de pessoas falam a língua japonesa — sendo que a grande maioria se encontra no Japão, em Singapura e Taiwan. Porém, países como os Estados Unidos, Brasil e Filipinas também possuem grupos de falantes do idioma.

O japonês possui três sistemas de escrita distintos: hiragana, katakana e kanji. Os alfabetos são utilizados para se comunicar e cada um possui suas peculiaridades. Além disso, os algarismos arábicos e o vocábulo latino também foram acrescentados ao formato tradicional da língua.

10. Alemão

Existem, atualmente, 98 milhões de falantes do alemão no mundo. Podemos encontrá-los em países como Áustria, Bélgica, Bolívia, República Checa, Dinamarca, Alemanha, Hungria, Itália, Cazaquistão, Luxemburgo, Paraguai, Polônia, Romênia, Eslováquia e Suíça.

Após o inglês, o alemão é a segunda língua germânica ocidental mais falada no planeta — o que explica a derivação do seu vocabulário indo-europeu. Grande parte das palavras têm origem do latim e do grego, além do inglês e francês.

Sendo considerado um idioma pluricêntrico, apresenta uma ampla variedade de dialetos que referem-se às regiões demográficas dos povos germânicos: o baixo-alemão, o médio-alemão e o alto-alemão. O alfabeto latino é composto por 26 letras padrão, três vogais e uma consoante.

Não há dúvidas sobre a importância do aprendizado das línguas mais faladas no mundo para a formação de profissionais e cidadãos. É importante que esse primeiro passo se dê ainda na infância, quando adquirir conhecimentos é mais fácil. 

Portanto, busque por uma instituição de ensino especializada para iniciar os seus estudos com qualidade!


0 comentários: