By Ingrid Vieira Moraes,

Verão Europeu - Itália: Taormina e Ilha de Capri.

03 agosto By Ingrid Vieira Moraes - Brazil 0 Comments


Partindo da ilha grega Zakynthos (Veja a postagem anterior, sobre as Ilhas Gregas), nosso destino agora é a Itália, um país que eu amo!! Nesta postagem, vou falar da adorável e pitoresca Taormina, na Sicília, e da luxuosa e badalada ilha de Capri, em Nápoles. Vem comigo!!


Taormina: principal cidade turística da Sicília

A pitoresca Taormina é uma província de Messina, na região da Sicília, com cerca de 10 mil habitantes. É uma cidade pequena e muito agradável, com locais históricos para serem visitados, muitas lojinhas de arte e artesanato e uma vista linda para o mar Egeu e para o vulcão Etna.

Uma pérola entre o céu e o mar, como alguns chamam, Taormina é a cidade turística mais conhecida da Sicília e foi locação do filme “Imensidão Azul” (1988). É, sem dúvida, um local muito interessante para você conhecer, na Itália.





A história de Taormina começa no século IV a. C., quando alguns gregos sobreviveram ao massacre de Naxos, em 403 a.C. e decidiram ficar por ali mesmo, entre o mar e o vulcão Etna. Por acharem as colinas semelhantes a um touro, chamaram o lugar de Tauromenion (Monte Tauro). Depois, a cidade grega foi dominada pelos romanos, bizantinos e normandos, sucessivamente. E virou um local turístico desde o domínio romano, até os dias atuais.

Além da parte histórica e cultural, e da linda paisagem, aproveite para saborear um autêntico gellato (sorvete) italiano, que estão entre os melhores do mundo. Eu escolhi o sabor kinder bueno, com casquinha colorida... Uma delícia!!



Outro local imperdível para você conhecer é o Teatro grego de Taormina, o Teatro Antico, que é o mais antigo e mais bem conservado monumento de Taormina, construído no século III a.C., que é o segundo maior da Sicília, depois do de Siracusa, e ainda hoje acontecem espetáculos e eventos culturais em seu interior, principalmente entre os meses de junho a setembro (alta estação).


Em época romana imperial, foi ampliado e restaurado para que os espetáculos com gladiadores e animais ferozes pudessem acontecer ali. O que era uma pena, com uma vista tão maravilhosa que inspira a vida e não a morte, não é mesmo?

Ilha de Capri: um lugar incrível!!

Capri é uma ilha italiana localizada no golfo de Nápoles, na região da Campânia, no mar Tirreno, a pouca distância do continente. A ilha tem uma área de cerca de 10,36 km², a maior elevação da ilha é o monte Solaro. É um lugar incrível!!

Capri tem duas cidades. A primeira é a chamada Vila de Capri, que fica situada acima da Praia Grande, e a segunda é a Vila de Anacapri, que encontra-se mais a leste e é onde está o pico da ilha. É claro que você precisa conhecer a duas, mas a Vila de Capri é a mais animada. Minha preferida!!




O centrinho de Capri é maravilhoso!! Tem uma grande variedade de lojas e restaurantes com o melhor da culinária italiana, e também internacional. Uma curiosidade? Os táxis do centrinho!! São muito engraçadinhos!!

Balada em Capri

Para quem quer um roteiro sofisticado e com ótimas baladas, Capri é uma excelente opção. Por lá tem casas de várias celebridades e figuras importantes da mídia, o que ajuda a atrair ainda mais turistas que amam uma boa balada e tornam a ilha um dos destinos de badalação mais conhecidos e procurados da Europa.

O melhor clube do momento é o Anema & Core Taverna, com banda ao vivo e que faz bastante interação com o público. Eu fui agraciada com uma garrafa de champanhe personalizada, com minha foto. Amei, é claro!



E ainda subi ao palco e cantei um sucesso do Michel Teló... “ai, ai, assim você me mata... ah, se eu te pego...”. Para eles, ainda é um grande sucesso, e se é para cantar, vamos nessa!!... Confira o vídeo... e o mico!!



Um pouquinho da história de Capri

Conhecer um pouco mais sobre o local é super importante. Dizem que o nome da ilha vem da palavra latina Capreae, pois os romanos a chamavam assim, “Ilha da Cabra”, no tempo do imperador romano Augusto, que criou a primeira cidade no local. Mas a ilha só ficou conhecida mesmo no governo de seu enteado e sucessor, Tibério, que  então expandiu o povoado da ilha, criando várias Villas (uma espécie de residências com um grande jardim ou área verde), sendo a mais famosa a Villa Jovis, ainda visitável nos dias de hoje.

Mas nem sempre a ilha de Capri foi assim tão nobre. Durante o Império Romano, a ilha também serviu como exílio para os condenados ligados à família do imperador, que eram banidos para Capri. Um exílio de luxo, digamos assim.

Após a queda do Império, a ilha passou para o domínio de Nápoles e foi invadida e saqueada diversas vezes por piratas e conquistadores (dentre eles, Napoleão Bonaparte). Até que finalmente passou a ser apenas um refúgio paradisíaco para escritores, cientistas e para a realeza de várias partes da Europa, e agora também para artistas e baladeiros.

Uma coisa é certa: a ilha de Capri é um dos lugares mais lindos da Itália!! Tanto que, desde a antiguidade, é fonte de inspiração para poetas, artistas e intelectuais, a exemplo do poeta Pablo Neruda, do filósofo Jean-Paul Sartre, e dos escritores Oscar Wilde, Graham Greene, Joseph Conrad, David Herbert Lawrence, entre tantos outros. E eu tenho certeza que irá lhe encantar também!!

Até nosso próximo destino, ainda na Itália: a misteriosa Pompéia, que eu tive o prazer de ir pela segunda vez.  Até lá!!

By Ingrid Vieira Moraes

0 comentários: